CPS amplia uso de tecnologias e incentiva práticas solidárias


30 de março de 2020

Compartilhe!

Professores e alunos do curso técnico de Enfermagem da Etec de Bauru colaboram na vacinação contra a gripe | Foto: Divulgação

Professores e alunos do curso técnico de Enfermagem da Etec de Bauru colaboram na vacinação contra a gripe | Foto: Divulgação

Diante do cenário de pandemia que, em pouco tempo, impôs grandes desafios à nossa comunidade, o Centro Paula Souza (CPS) organizou um grupo de operação multidisciplinar que não parou de trabalhar, atuando em várias frentes para garantir o funcionamento da instituição em uma nova dinâmica.

A primeira medida foi de proteção à comunidade escolar e servidores para reduzir o avanço da proliferação do coronavírus (Covid-19). A suspensão das aulas nas Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais, de forma gradual, a partir de 16 de março, foi posteriormente seguida da antecipação do recesso escolar até 20 de abril.

Em paralelo, os profissionais que se encontravam em grupos de risco foram imediatamente avisados da necessidade de não executarem suas atividades presencialmente. E, desde 24 de março, servidores administrativos da Administração Central e das unidades foram colocados em regime de teletrabalho. Outras medidas protetivas, como antecipação de férias, também foram adotadas.

Decisões necessárias e que se mostraram adequadas, sempre alinhadas às recomendações do Governo do Estado e das autoridades de saúde, impulsionando uma nova dinâmica para o desempenho das atividades da instituição.

A tecnologia uniu servidores administrativos, educadores, supervisores e gestores pedagógicos regionais. Capacitações para o uso da plataforma adotada pelo CPS para atividades a distância foram imediatamente instauradas. Cartilhas e tutoriais, para diversos estágios de conhecimento da ferramenta, também foram produzidos e disponibilizados online. Um conhecimento de técnicas de teletrabalho incorporado ao desenvolvimento pessoal de todos.

Nas Etecs e Fatecs, apesar do recesso escolar, a solidariedade uniu docentes e alunos. Professores e estudantes do curso técnico de Enfermagem reforçaram o time de profissionais da saúde na campanha de vacinação contra o vírus influenza em diversas regiões do Estado. Um envolvimento de mais de 80 voluntários das regiões administrativas de Campinas, Central, Metropolitana de São Paulo e de Sorocaba. Ao todo 12 unidades do CPS também funcionaram como polos de imunização contra gripe

Outras iniciativas

A partir desta segunda-feira (30), um grupo de dez voluntários da Fatec Sorocaba começa a orientar o conserto de ventiladores usados no tratamento da Covid-19. Enquanto isso, a Fatec Taubaté trabalha na produção de máscaras de proteção para médicos do hospital regional, utilizando impressora 3D, e na construção de respirador ambulatorial. Alunos da Fatec Capão Bonito e da Etec Conselheiro Antonio Prado, de Campinas, tiveram a iniciativa de produzir álcool em gel para doação a órgãos públicos, incluindo postos de saúde.

O CPS tem trabalhado intensamente nesse período, inspirado no engajamento das equipes, das iniciativas tecnológicas desenvolvidas e na solidariedade da comunidade acadêmica. Após o recesso escolar, docentes receberão treinamento para replanejar as atividades e oferecer alternativas de estudo para os jovens. Com a nova trajetória implantada, a cada dia que passa, a instituição se mostra mais preparada para superar os desafios impostos por tão grave crise.