Em 2021, diversidade marca o perfil dos novos estudantes

21 de abril de 2021

Compartilhe!

Nas Fatecs, número de candidatas chegou a 47,83%, contra 33,12% no primeiro semestre do ano passado | Foto: Gastão Guedes

Um levantamento realizado com os ingressantes nas Escolas Técnicas (Etecs) e nas Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais nos processos seletivos do primeiro semestre mostra um importante avanço da inclusão social na instituição. Públicos historicamente mais vulneráveis, que tinham menos oportunidades de acesso à educação pública de qualidade, despontam entre os aprovados.

Nas Fatecs, as mulheres ganharam espaço e bateram um recorde. O número de candidatas cresceu significativamente, acima de 10 pontos percentuais, passando para 47,83%, contra 33,12%, no primeiro semestre do ano passado. Nas Etecs, os egressos de escolas públicas aumentaram, subindo para 84,5% dos aprovados, contra 78%, no mesmo período do ano anterior. E mais da metade desses jovens sempre estudou em escola pública.

Outro indicador que chamou a atenção foi a faixa etária dos aprovados nas Etecs, que se ampliou para pessoas mais maduras, que buscam novas oportunidades no mercado de trabalho. O público predominante continua sendo os jovens de 18 a 28 anos. No entanto, passou de 22% para 34,4% o percentual de aprovados acima desse patamar. Confira a reportagem completa na nova edição da Revista CPS.