Professores e alunos do CPS aderem às ‘lives’ na quarentena


28 de julho de 2020

Compartilhe!

Um dos eventos em formato totalmente online foi o HackaTrouble, competição com 48 horas ininterruptas de duração | Foto: Divulgação

Um dos eventos em formato totalmente online foi o HackaTrouble, competição com 48 horas ininterruptas de duração | Foto: Divulgação

O confinamento social intensificou no mundo todo o consumo de lives, eventos realizados ao vivo nas redes sociais. Inicialmente, esse foi um movimento liderado por músicos, que, impedidos de realizarem shows, encontram nesse formato uma alternativa para interagir com o público. O novo comportamento social ganhou escala e chegou também à educação.

Professores, alunos e representantes do gabinete da Superintendência do Centro Paula Souza (CPS) participaram de mais de 85 lives realizadas entre abril e julho deste ano. No lugar de shows musicais, foram organizados oficinas, competições, congressos, feiras e seminários virtuais e ao vivo.

A 25ª edição do Fórum da Educação Profissional do Estado de São Paulo, por exemplo, foi realizada completamente online pela primeira vez. A diretora-superintendente do CPS, Laura Laganá, apresentou um panorama da Aprendizagem Remota na Educação Profissional. Mais de mil pessoas acompanharam o evento, o equivalente a cerca de três auditórios do CPS completamente lotados.

Em tempos de pandemia, o lançamento do Programa CiberEducação, da Cisco do Brasil, também foi realizado virtualmente. A vice superintendente do CPS, Emilena Lorenzon, foi uma das convidadas do evento, que abriu oportunidade para que estudantes de cerca de 50 Etecs e Fatecs pudessem realizar cursos gratuitos de capacitação nas áreas de segurança cibernética e redes de computadores.

Oferecer conteúdos adicionais para os alunos também foi uma das preocupações. Os debates ao vivo nas redes sociais sobre os rumos das profissões, como as iniciativas da Escola Técnica Estadual (Etec) de Esportes – Curt Walter Otto Baumgart, da Capital, e da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Tatuí (mercado de entretenimento), integraram algumas das ações de professores do CPS. Boa parte da divulgação dos eventos foi realizada por intermédio das redes sociais do Centro Paula Souza, que alcançaram 2,3 milhões de contas no Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter.

Confira alguns dos eventos organizados virtualmente pelo Centro Paula Souza:

  • HackaTrouble: Maratona virtual de programação organizada em parceria com a associação SAE Brasil e as multinacionais Amazon Web Services (AWS), Shawee e Mural. Com início no dia 17 de abril, a competição teve 48 horas ininterruptas de duração e o objetivo de propor e desenvolver soluções para enfrentar desafios impostos pelo coronavírus nas áreas de saúde, mobilidade, negócios e social;
  • Semana Paulo Freire: Durante o mês de maio, as Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) promoveram programação especial em homenagem a Paulo Freire. Neste ano, as atividades ocorreram em ambientes virtuais, como redes sociais e Plataforma Microsoft Teams;
  • Consultoria online para o Imposto de Renda 2020: Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais ofereceram plantões à distância gratuitos para orientar o contribuinte no preenchimento da declaração do Imposto de Renda 2020;
  • Oficina gratuita de Análise de Séries Televisivas: Unidade de Pós-Graduação, Extensão e Pesquisa (Uepep) do CPS abriu inscrições para a oficina online gratuita de Análise de séries televisivas.

Docentes e estudantes das Etecs e Fatecs participaram de eventos online, como:

  • 18ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace): Entre 23 de março e 3 de abril, o CPS participou da competição com 12 trabalhos desenvolvidos por alunos de 9 Etecs, que concorreram nas categorias de Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Humanas, Saúde, Sociologia Aplicada e Engenharia. O projeto Telha fotovoltaica de fibra de coco e prolipropileno, de estudantes do curso técnico de Química integrado ao Médio da Etec Irmã Agostina, da Capital, ficou em segundo lugar na categoria Ciências Exatas e da Terra;
  • Prêmio Jovem da Água de Estocolmo: As Etecs Irmã Agostina, da Capital, e Prof. Carmelino Corrêa Júnior, de Franca, estiveram na final nacional do prêmio, que é realizado pelo Instituto Internacional de Águas de Estocolmo (SIWI). Entre os cinco projetos finalistas, as unidades do CPS concorreram com três, desenvolvidos por estudantes dos cursos técnicos de Química e Biotecnologia, que criaram propostas para a crise mundial da água;
  • AWS Educate: Seminário virtual sobre a plataforma educacional de aprendizado de computação em nuvem desenvolvida pela Amazon Web Services (AWS). O webinar marcou o início das atividades previstas na parceria entre o Centro Paula Souza e a empresa norte-americana, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), que possibilita que educadores e estudantes de todas as unidades da instituição tenham acesso gratuito ao programa;
  • Hackathon da Nasa: O estudante do curso superior tecnológico de Sistemas para Internet da Fatec Taquaritinga Ariel Betti está entre os vencedores do International Space Apps Challenge, competição promovida pela agência espacial norte-americana, a Nasa;
  • Feira Brasileira do Jovem Cientista: Duas alunas do curso técnico de Química integrado ao Ensino Médio da Etec Irmã Agostina venceram a edição 2020. O desenvolvimento de uma telha feita de fibra de coco verde, que capta energia solar, rendeu a Ana Costa e Julia Santana o primeiro lugar em Ciências Exatas e da Terra, além do Prêmio de Excelência em Pesquisa. Na área de Engenharias, alunos da Etec Bento Quirino, de Campinas, foram os segundos colocados com o Medprat, dispositivo que alerta pacientes sobre horários de medicação. A feira também contou com a participação de estudantes da Etec de Suzano nas categorias Ciências Agrárias, Ciências Exatas e da Terra, e Humanas. A mostra virtual apresentou mais de 500 projetos de escolas de todo o Brasil;
  • 14º Prêmio Econoteen de Ensaios: Promovido pelo Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da Universidade de São Paulo (USP), tem como objetivo criar soluções para os problemas econômicos e proporcionar mais conhecimento sobre a área de atuação do economista. O CPS tem um histórico de vitórias no ranking da premiação com alunos classificados nos primeiros lugares;
  • Congresso Acadêmico Unifesp 2020: No dia 17 de julho, o ex-aluno da Etec Guaracy Silveira e estudante de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Gabriel Ronatty, participou com o trabalho de Iniciação Pré-Científica Busca do melhor detergente para criação de um pâncreas bioartificial, que ele começou a desenvolver quando estudava na Etec.

Veja Também