Inscrições para o Vestibulinho estão abertas

26 de outubro de 2021

Compartilhe!

Etecs oferecem cursos para o Ensino Técnico, Integrado, Médio com ênfase e de Especialização Técnica | Foto: Divulgação

Atualizado em 3/12/2021, às 14 horas

Interessados em estudar nas Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) podem se inscrever no processo seletivo para o primeiro semestre de 2022, até as 15 horas do dia 30 de novembro, somente pelo site www.vestibulinhoetec.com.br. A taxa integral de inscrição é de R$ 19. Quem solicitou redução de 50% no valor deve aguardar o resultado do pedido, que será divulgado no dia 17 de novembro, para se inscrever.

A seleção dos candidatos para o Vestibulinho de 2022 se dará por meio de análise do histórico escolar, sem a realização de prova presencial ou online.

O Vestibulinho oferece 87.415 vagas para os Ensinos Técnico, Integrado, Médio com ênfase e Especialização Técnica. Esse total inclui 47.070 vagas para os cursos técnicos (presenciais, semipresenciais e online), destinadas às Etecs e às classes descentralizadas (unidades que oferecem um ou mais cursos, sob a administração de uma Etec) por meio de parcerias com as prefeituras do interior e da Capital (aulas nos CEUs) e com a Secretaria estadual da Educação.

Para o Ensino Médio Integrado ao Técnico foram disponibilizadas 36.915 vagas, distribuídas entre os programas: Novotec Integrado e Articulação da Formação Profissional Média e Superior (AMS). O Novotec Integrado oferece as opções em tempo integral (M-Tec PI), ou em um único período (M-Tec).

Já o programa Articulação da Formação Profissional Média e Superior (AMS) permite a conclusão dos Ensinos Médio, Técnico e Superior Tecnológico em cinco anos – um ano a menos que o período previsto para cursar as três modalidades. O ingresso na modalidade AMS ocorre pelo Ensino Médio com Habilitação Técnica em três cursos.  

O Ensino Médio com ênfase (itinerário formativo) oferece 2.725 vagas. Já para os cursos de Especialização Técnica são 705 vagas, distribuídas entre a modalidade presencial e online.        

As Etecs disponibilizam computador e acesso à internet a quem estiver com dificuldade para se inscrever. Cabe ao candidato entrar em contato com a unidade para saber o horário de atendimento para esta finalidade. Para utilizar os equipamentos, será obrigatório o uso de máscara de proteção facial e também respeitar as demais medidas relacionadas no Protocolo Sanitário Institucional do CPS.

Requisitos para inscrição

Para se inscrever no Ensino Médio, em seus diferentes formatos, o candidato deve ter concluído o Ensino Fundamental ou apresentar declaração de conclusão, assinada por agente escolar da escola de origem, com data de entrega do histórico escolar com certificado de conclusão, ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – Encceja.

Quem optar pelo Ensino Técnico precisa ter concluído ou estar matriculado no segundo ou terceiro ano do Ensino Médio. Quem concluiu ou estiver concluindo o EJA ou Encceja, assim como quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) até 2016, deve apresentar a documentação comprobatória conforme especifica a Portaria que regulamenta o Vestibulinho.  

Para os cursos técnicos de Enfermagem e de Cuidados de Idosos, é necessário que o candidato tenha no mínimo 18 anos completos até o dia 31 de janeiro de 2022. Para o curso de Cuidados de Idosos, o estudante deve ainda possuir o certificado de Auxiliar de Enfermagem ou ter concluído dois módulos do curso de técnico em Enfermagem.  

Interessados nas vagas para Especialização Técnica, formato presencial e online, precisam ter concluído o Ensino Médio e um curso técnico relacionado à Especialização pretendida, conforme relação disponível no site. Já para concorrer a uma vaga para a Especialização em Gestão de Projetos (EaD – online) o candidato deve ter concluído um curso técnico ou superior.

A taxa de inscrição do Vestibulinho de R$ 19 deve ser paga até o fim do expediente bancário do dia 30 de novembro, em dinheiro, em qualquer agência bancária, mediante a apresentação do boleto impresso no momento da inscrição eletrônica, ou via internet, no banco do candidato ou ainda pela ferramenta Getnet (pagamento com cartão de crédito) disponível no site www.vestibulinhoetec.com.br.

Como se inscrever no Vestibulinho

O candidato precisa acessar a plataforma www.vestibulinhoetec.com.br, e cadastrar o CPF (Cadastro de Pessoa Física) para gerar uma senha de segurança e acesso à ficha eletrônica de inscrição.

Após o preenchimento dos dados, é necessário escolher o curso e a escola onde pretende estudar. Para o Ensino Técnico, é possível escolher outro curso ou período como segunda opção, desde que oferecido na mesma unidade em que o candidato vai se inscrever.

Ao término do preenchimento do formulário eletrônico, é necessário enviar os documentos por meio de upload. São aceitos como documento de identificação o RG ou a Carteira de Registro Nacional Migratório – CRNM (CIE/RNM/RNE).

Depois da identificação, o candidato deverá inserir as notas de Língua Portuguesa e Matemática, juntamente com os documentos de comprovação, conforme detalhado na Portaria que regulamenta o Vestibulinho.

Lançamento de notas

Quem deseja se inscrever para os cursos do Ensino Técnico, deve lançar as notas de Língua Portuguesa e Matemática do nono ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da oitava série do Ensino Fundamental de oito anos, concluídos até 31 de dezembro de 2020. Se preferir, o candidato poderá inserir as notas de Língua Portuguesa e Matemática do oitavo ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da sétima série do Ensino Fundamental de oito anos, concluída até 31 de dezembro de 2019.

Documentos para inscrição no Ensino Técnico

1 – Histórico escolar com as notas de Português e Matemática do oitavo ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da sétima série do Ensino Fundamental de oito anos, concluída até 31 de dezembro de 2019

2 – Histórico escolar com as notas de Português e Matemática do nono ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da oitava série do Ensino Fundamental de oito anos, concluída até 31 de dezembro de 2020

3 – Declaração escolar com as notas de Português e Matemática do oitavo ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da sétima série do Ensino Fundamental de oito anos, concluída até 31 de dezembro de 2019, assinada por agente escolar da escola de origem

4 – Declaração escolar com as notas de Português e Matemática do nono ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da oitava série do Ensino Fundamental de oito anos, concluída até 31de dezembro de 2020, assinada por agente escolar da escola de origem.

5 – Candidatos que concluíram ou concluirão em 2021 Ensino Médio por meio da Educação de Jovens e Adultos (EJA), ou afins, devem inserir o Histórico Escolar (frente e verso) ou Declaração de Conclusão do Ensino Médio, assinada por agente escolar da escola de origem, contendo as notas finais de Português e Matemática ou equivalentes do 2º termo do Ensino Médio. Se preferir, o candidato poderá inserir a Declaração de Conclusão do Ensino Médio, assinada por agente escolar da escola de origem, contendo as notas finais de Português e Matemática ou equivalentes do 1º termo do Ensino Médio.

6 – Candidatos que concluíram o Ensino Médio por meio de provas ou exames de certificação de competências ou de avaliação de jovens e adultos, que sejam decorrentes do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), ou do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA) devem inserir o certificado de conclusão do Ensino Médio (frente e verso), expedido por órgão competente, contendo as notas finais de Português e Matemática ou equivalentes do Ensino Médio.

Candidatos ao Ensino Médio devem lançar as notas de Língua Portuguesa e de Matemática do oitavo ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da sétima série do Ensino Fundamental de oito anos, concluídos até 31 de dezembro de 2020. Quem desejar, pode inserir a nota de Língua Portuguesa e de Matemática do sétimo ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da sexta série do Ensino Fundamental de oito anos, concluída até 31 de dezembro de 2019.

Documentos para inscrição no Ensino Médio

1- Histórico Escolar contendo as notas de Português e Matemática do sétimo ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da sexta série do Ensino Fundamental de oito anos, concluída até 31 de dezembro de 2019.

2- Histórico Escolar contendo as notas de Português e Matemática do oitavo ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da sétima série do Ensino Fundamental de oito anos, concluída até 31 de dezembro de 2020.

3- Declaração Escolar contendo as notas obtidas de Português e Matemática do sétimo ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da sexta série do Ensino Fundamental de oito anos, concluída até 31 de dezembro de 2019, assinada por agente escolar da escola de origem

4- Declaração Escolar contendo as notas obtidas de Português e Matemática do oitavo ano do Ensino Fundamental de nove anos ou da sétima série do Ensino Fundamental de oito anos, concluída até 31 de dezembro de 2020.

5- Candidatos que concluíram ou concluirão em 2021 Ensino Médio por meio da Educação de Jovens e Adultos (EJA), ou afins, devem inserir o Histórico Escolar (frente e verso) ou Declaração de Conclusão do Ensino Médio, assinada por agente escolar da escola de origem, contendo as notas finais de Português e Matemática ou equivalentes do 2º termo do Ensino Médio. Se preferir, o candidato poderá inserir a Declaração de Conclusão do Ensino Médio, assinada por agente escolar da escola de origem, contendo as notas finais de Português e Matemática ou equivalentes do 1º termo do Ensino Médio

6- Candidatos que concluíram o Ensino Médio por meio de provas ou exames de certificação de competências ou de avaliação de jovens e adultos, que sejam decorrentes do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA) devem inserir o certificado de conclusão do Ensino Médio (frente e verso), expedido por órgão competente, contendo as notas finais de Português e Matemática ou equivalentes do Ensino Médio.

Para os cursos de Especialização Técnica, serão avaliadas as notas de Língua Portuguesa e Matemática da segunda série do Ensino Médio, concluída até 31 de dezembro de 2020. Caso queira, o candidato pode inserir a nota final de Língua Portuguesa e de Matemática da primeira série do Ensino Médio, concluída até 31 de dezembro de 2019.

Documentos para inscrição na Especialização Técnica

1 – Histórico escolar contendo as notas de Português e Matemática da primeira série do Ensino Médio, concluída até 31 de dezembro de 2019

2 – Histórico escolar contendo as notas de Português e Matemática da segunda série do Ensino Médio, concluída até 31 de dezembro de 2020

3 – Declaração escolar contendo as notas obtidas de Português e Matemática da primeira série do Ensino Médio, concluída até 31 de dezembro de 2019 assinada por agente escolar da escola de origem

4 – Declaração escolar contendo as notas obtidas de Português e Matemática da segunda série do Ensino Médio, concluída até 31 de dezembro de 2020 assinada por agente escolar da escola de origem

5 – Para os candidatos que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) até a edição de 2016 – Certificado ou Declaração de Conclusão do Ensino Médio, expedido pelos Institutos Federais ou pela Secretaria da Educação do Estado correspondente.

Procedimentos

É recomendável que o candidato imprima todos os documentos gerados no momento da inscrição, assim como o comprovante de pagamento da taxa, para apresentar em caso de necessidade de comprovação.    

A leitura atenta do Manual do Candidato e o preenchimento da ficha de inscrição eletrônica (ambos disponíveis em vestibulinhoetec.com.br) é de responsabilidade exclusiva do candidato ou de seu representante legal (pai, mãe, curador ou tutor), quando menor de 16 anos.

Inclusão social

O Sistema de Pontuação Acrescida do Centro Paula Souza concede acréscimo de pontos à nota final do processo seletivo das Etecs, sendo 3% a estudantes afrodescendentes e 10% aos candidatos que declararem ter cursado integralmente o Ensino Fundamental na rede pública. Quem estiver nas duas situações, recebe 13% de bônus.

A comprovação deve ser feita no ato da matrícula, por meio do histórico escolar do Ensino Fundamental ou a declaração escolar, discriminada série a série. É imprescindível que o candidato se certifique se realmente tem direito à pontuação acrescida, pois a matrícula não poderá ser realizada e a vaga será perdida caso as informações não atendam às condições estabelecidas em sua totalidade. O sistema de pontuação acrescida não se aplica às vagas para os cursos de Especialização Técnica.

Outras informações pelos telefones (11) 3471- 4071 (Capital e Grande São Paulo) e 0800 772 2829 (demais localidades) ou pela internet.