Protocolo Sanitário Institucional do CPS


Neste documento, você vai conhecer as principais normas e procedimentos para a retomada responsável das atividades presenciais nas Escolas Técnicas Estaduais (Etecs), Faculdades de Tecnologia do Estado (Fatecs) e Administração Central do Centro Paula Souza (CPS).

Entre outros assuntos, o protocolo aborda orientações sobre distanciamento social, higiene pessoal e limpeza de espaços físicos. Também traz recomendações para comunicação interna e externa dos procedimentos que devem ser seguidos nas unidades e Administração Central.

Com a participação de toda comunidade, as diretrizes serão cumpridas com responsabilidade.

Cuide de você. Cuide de todos
CPS NO COMBATE À COVID-19

Clique aqui para acessar o Protocolo Sanitário Institucional


Perguntas & Respostas

Esclareça suas dúvidas sobre o retorno às atividades presencias, nas Etecs, Fatecs e Administração Central. E saiba quais são as principais recomendações de segurança para preservar a saúde dos alunos, professores e funcionários, no que se refere à limpeza dos ambientes, higiene pessoal, comunicação, monitoramento e distanciamento social.

Cuide de você. Cuide de todos
CPS NO COMBATE À COVID-19

Sim. Alunos, professores e funcionários devem usar máscaras ou protetores faciais em todos os ambientes da Etec, da Fatec e da Administração Central. A máscara também é indispensável no trajeto de casa até a unidade ou Administração Central.  

Sim, as unidades de ensino estão preparadas para atender a essa demanda para servidores e professores, pois contam com máscaras descartáveis disponíveis e com a possibilidade de aquisição de novas quantidades, se necessário. As máscaras serão distribuídas à medida que os profissionais retornarem as atividades presenciais, conforme descrito abaixo:

Máscara faceshield: haverá a distribuição de 01 (uma) unidade desse tipo de máscara, disponível nas unidades de ensino, para cada servidor;

Máscara semifacial filtrante (considerando-se as máscaras descartáveis e as de pano): haverá a distribuição de máscaras descartáveis diariamente, em quantidade suficiente aos servidores, quando do retorno presencial. Haverá também a distribuição de 02 (duas) máscaras de pano para os servidores a partir do retorno presencial.

Cada aluno deve ser responsável pela sua máscara, assim como deve levar outras de reserva, já que a peça precisa ser trocada a cada duas horas. Quando houver retorno às aulas presencias, as unidades de ensino estarão preparadas para fornecer o item somente para aqueles que eventualmente chegarem ao local e não estiverem portando esse item de proteção.

Sim, as unidades de ensino estão preparadas para atender a essa demanda, pois contam com máscaras descartáveis disponíveis e com a possibilidade de aquisição de novas quantidades, se necessário. As máscaras serão distribuídas à medida que os servidores e docentes retornarem às atividades presenciais, conforme descrito abaixo:

Máscara faceshield: haverá a distribuição de 01 (uma) unidade desse tipo de máscara, disponível nas unidades de ensino, para cada servidor;

Máscara semifacial filtrante (considerando-se as máscaras descartáveis e as de pano): haverá a distribuição de máscaras descartáveis diariamente, em quantidade suficiente aos servidores, quando do retorno presencial. Haverá também a distribuição de 02 (duas) máscaras de pano para os servidores a partir do retorno presencial. Importante ressaltar que as máscaras descartáveis deixarão de ser distribuídas à medida que as máscaras de pano forem sendo entregues aos servidores. Não obstante, os modelos descartáveis continuarão sendo disponibilizados aos servidores em casos de emergência.

Cada aluno deve ser responsável pela sua máscara, assim como deve levar outras de reserva, já que a peça precisa ser trocada a cada duas horas. As unidades de ensino estão preparadas para fornecer o item somente para aqueles que eventualmente chegarem ao local sem usar esse item de proteção.

Sim. Serão sinalizados locais para descarte de máscaras descartáveis. Para aqueles que usarem máscaras reutilizáveis, a troca deve ser feita a cada 2 horas e a máscara usada deve ser devidamente guardada em saco plástico para ser higienizada em casa.

É altamente recomendável que todos utilizem as máscaras de proteção no trajeto até a escola. As unidades de ensino estarão preparadas para fornecer máscaras descartáveis para aqueles que eventualmente chegarem ao local e não estiverem portando esse item de proteção.

Para utilizar a sala de reunião é necessário respeitar a capacidade do espaço para evitar aglomerações. Além disso, recomenda-se que sempre que possível janelas sejam mantidas abertas.  

Sim, desde que o usuário utilize seu próprio material (pincel e apagador). Não é recomendado o compartilhamento de materiais de uso pessoal. 

Será recomendada a aferição da temperatura corporal dos alunos, professores e funcionários na entrada. Aqueles que estiverem com a temperatura acima de 37,5°C, terão seu acesso restringido e serão orientados a buscarem uma unidade de saúde mais próxima. Caso seja aluno menor de idade, os pais ou responsáveis deverão ser avisados para virem buscar o menor, que deverá ser encaminhado para uma sala específica para aguardar. É indispensável repassar esta informação ao Orientador Educacional ou ao diretor da Unidade de Ensino, assim como ao superior imediato no caso de funcionário, para que seja feito um acompanhamento do caso.

Além de tomar todas as medidas de higiene, é recomendado à comunidade acadêmica e administrativa a aferição da temperatura diariamente antes de sair de casa.  Quando a temperatura estiver superior a 37,5°C, o aluno, docente ou funcionário não deverá se dirigir à Unidade de Ensino ou à Administração Central. 

O ideal é criar um processo interno e definir responsáveis pelo acompanhamento e notificação de casos suspeitos e confirmados. É importante monitorar também as pessoas que tiveram contato com alguém contaminado ou suspeito nos últimos 14 dias, com sistematização de dados e informação periódica ao órgão de saúde da região/município e à URH do CPS. 

– Isolar os ambientes nos quais a pessoa infectada com Covid-19 tenha transitado, até que o serviço de higienização seja realizado por completo. 

Deve-se respeitar rigorosamente a capacidade do recinto, aguardando a sua vez do lado de fora ou procurando outro banheiro.

Recomenda-se que o uso de elevadores seja limitado aos que apresentarem real necessidade, idosos, portadores de deficiência física ou dificuldade de locomoção. É indispensável orientar os usuários para que evitem conversas dentro dos elevadores. 

Sempre que possível, deve ser definida a circulação única (subida ou descida) para evitar o tráfego cruzado nestes ambientes fechados. É importante também verificar se há possibilidade de ligar o sistema de exaustão de fumaça das caixas de escadas, quando existirem.

Sim. É preciso observar as regras para utilização do espaço como o uso constante de máscara durante as atividades, e em todos os ambientes incluindo vestiário; uso de álcool em gel na entrada e saída dos ambientes e na limpeza dos aparelhos após o uso, pelo próprio aluno.

Será permitida a circulação e a permanência de pessoas neste ambiente respeitando as recomendações previstas no Protocolo.

Sim, mas respeitando a capacidade do espaço e as regras estabelecidas no Protocolo como o uso obrigatório da máscara e a recomendação para lavar as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel 70% antes de entrar no ambiente. Deve-se instalar dispensador de álcool em gel próximo à entrada do auditório. É recomendável evitar atividades em áreas fechadas, sem ventilação.

É recomendável evitar, sempre que possível, atividades em áreas fechadas, sem ventilação. Quando necessárias, estas atividades poderão ser realizadas em ambientes arejados (com janelas e ventiladores) ou ao ar livre.

Sim. É preciso observar as regras para utilização do espaço como o uso constante de máscara durante as atividades, e em todos os ambientes incluindo vestiário; uso de álcool em gel na entrada e saída dos.
Recomenda-se a instalação de dispensador de álcool em gel próximo à entrada da quadra e ao acesso às arquibancadas.

As atividades deverão ser feitas em grupos menores de alunos, respeitando o distanciamento de 1m e evitando o contato físico. Deve-se dar preferência para atividades aeróbicas. Todos devem usar máscara.

O uso das cantinas e refeitórios está autorizado seguindo as orientações do protocolo sanitário. Será proibido o compartilhamento de talheres, pratos ou copos, bem como alimentos. Todos os alunos, funcionários e professores deverão utilizar copos ou garrafas individuais com a identificação do usuário. Ao final do período, os objetos de uso pessoal deverão ser levados para casa para higienização. As máscaras devem ser retiradas apenas no momento da refeição e as conversas devem ser evitadas.

– O uso de máscara é obrigatório. Funcionários, docentes e alunos devem retirá-la apenas no momento da refeição, seguindo o armazenamento adequado e o correto manuseio e descarte, se for o caso.

– Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel 70% ao entrar e sair do refeitório.

O uso das cantinas e refeitórios está autorizado seguindo as orientações do protocolo sanitário. Será proibido o compartilhamento de talheres, pratos ou copos, bem como alimentos. Todos os alunos, funcionários e professores deverão utilizar copos ou garrafas individuais com a identificação do usuário. Ao final do período, os objetos de uso pessoal deverão ser levados para casa para higienização. As máscaras devem ser retiradas apenas no momento da refeição e as conversas devem ser evitadas. 

– O uso de máscara é obrigatório. Funcionários, docentes e alunos devem retirá-la apenas no momento da refeição, seguindo o armazenamento adequado e o correto manuseio e descarte, se for o caso.  – Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel 70% ao entrar e sair do refeitório.

 

Os bebedouros de pressão podem ser utilizados exclusivamente por meio do dispositivo que permite o jato diretamente para o copo. O jato para consumo com a boca direto do equipamento serão inutilizados. Alunos, professores e servidores devem levar seu próprio copo ou garrafinha para hidratação tomando alguns cuidados:

  • Nunca aproximar a boca do jato de água; utilizar copos, canecas ou garrafinhas;
  • Não compartilhar copos, canecas e garrafas com outras pessoas;
  • Evitar contato do bocal das garrafas com o bocal com a haste/torneira do bebedouro;
  • Testar o fluxo de água e deixá-la fluir por 10 segundos para permitir a entrada de água limpa e fresca antes de beber;
  • Lavar as mãos com água e sabão ou higienizá-las com álcool em gel antes e depois do uso dos bebedouros.

Materiais de Apoio

A Assessoria de Comunicação (AssCom) produziu diferentes modelos de cartazes para atender às diferentes necessidades das Etecs, Fatecs e Administração Central. O arquivo deve ser impresso e afixado nas dependências dos prédios, em lugares visíveis aos alunos, servidores e professores, respeitando as características de fluxo de cada unidade.

Os formatos indicados são: A4 – 29,7 X 13 cm ou A3 – 42 x 29,7cm

Cuide de você. Cuide de todos
CPS NO COMBATE À COVID-19

Cartaz – Bem Vindos
Cartaz – Banheiro
Cartaz – Academia
Cartaz – Alojamento
Cartaz – Bebedouro
Cartaz – Cozinha
Cartaz – Dispenser de Álcool Gel
Cartaz – Escadas (sentido obrigatório descida)
Cartaz – Escadas (sentido obrigatório subida)
Cartaz – Elevador
Cartaz – Entrada
Cartaz – Lavar as Mãos
Cartaz – Salas e Locais Fechados
Cartaz – Medição de Temperatura


Máscaras de Proteção

Para atender ao Decreto 64.959, a Secretaria de Comunicação do Governo do Estado de São Paulo produziu dois modelos de placas com informação sobre o uso obrigatório das máscaras de proteção.

Os formatos são: A4 e 29,7 X 13 cm

Links diretos para download, na versão horizontal e vertical:

Obrigatório o uso de máscara (Horizontal)
Obrigatório o uso de máscara (Vertical)