Nova edição do Hackathon Acadêmico tem inscrições abertas até dia 30 de maio

27 de abril de 2022

Compartilhe!

Alunos das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) já podem se inscrever para a quinta edição do Hackathon Acadêmico. Promovido pela Robótica Paula Souza, o desafio pretende fazer com que os estudantes desenvolvam aplicativos mobile, web e/ou produtos que tragam soluções para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) que tratam de empregos dignos e crescimentos econômico, redução das desigualdades e cidades e comunidades sustentáveis.

Os grupos podem ser formados por até cinco alunos e as inscrições devem ser feitas pelos professores mentores, pela internet. Cada unidade participante deve organizar um evento classificatório (presencial ou online) e submeter até dia 30 de agosto o projeto escolhido para representar a escola. Os vencedores serão selecionados com base em critérios como inovação, relevância, viabilidade e usabilidade do projeto. As nove melhores propostas participarão de mentorias com especialistas no intuito de aprimorar o trabalho e elaborar a apresentação para a banca de jurados. A final está programada para 6 de dezembro e a cerimônia de premiação deve ocorrer no dia 7.

“A intenção do contato com os mentores é essa: colocar os alunos em contato com profissionais do mercado para que eles entendam a área e a profissão de uma forma mais direta. Mesmo sem estar na empresa ele pode conhecer um pouquinho da profissão”, explica a professora Andreia de Cassia dos Santos, membro da equipe da Robótica Paula Souza e docente da Etec Professor Luiz Pires Barbosa, de Cândido Mota.

O 5º Hackathon Acadêmico tem apoio da Oracle Academy, Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Conselho Regional dos Técnicos de São Paulo (CRT-SP), Digital House, Mergulho Sustentável, Mamute Eletrônica e Fundação Grupo Volkswagen. O desafio promovido pela Robótica Paula Souza foi anunciado durante o 3º Fórum de Ação Social e é possível rever o evento aqui.

Edição anterior

A quarta edição do evento contou com 38 projetos que apresentaram soluções para desafios relacionados a igualdade de gênero; energia acessível e limpa; paz, justiça e instituições eficazes. A Etec Irmã Agostina, da Capital, conquistou o primeiro lugar com um aplicativo que tem como objetivo ajudar os refugiados que chegam ao Brasil a se integrar à sociedade. Na segunda colocação, ficou a Etec Profª Marinês Teodoro de Freitas Almeida, de Novo Horizonte, com um app que oferece cursos e capacitações que preparam mulheres para o mercado de trabalho, além de ser uma ferramenta de conexão com empresas e facilitar a colocação das profissionais no mercado de trabalho. Em terceiro, foi escolhido um projeto de criação de estações de carregamento de aparelhos eletrônicos alimentados por energia solar, de alunos da Etec Profª Ilza Nascimento Pintus, de São José dos Campos.

A professora Gleiciane Oliveira de Morais, orientadora do projeto vencedor de 2021, deixa um recado para os participantes do 5º Hackathon Acadêmico: “Participem porque vale muito a pena, vocês vão aprender muito. Às vezes, um tema que parece que não tem muita relevância, na verdade tem. Por mais que seja uma ideia pequena, isso pode ir longe.”