Fatecs recebem 1.110 livros de pesquisadora da USP

Alunos e professores das 49 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais têm à disposição novos livros da série Novo Pacto da Ciência, que reúne seminários multidisciplinares. Ao todo são 1.102 exemplares, doados pela organizadora da série, Cremilda […]

18 de março de 2011 10:09 am Fatec

Crédito: Freepik

Alunos e professores das 49 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais têm à disposição novos livros da série Novo Pacto da Ciência, que reúne seminários multidisciplinares. Ao todo são 1.102 exemplares, doados pela organizadora da série, Cremilda Medina, professora titular da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

A doação inclui quatro títulos: Sobre Vivências, no mundo do trabalho, que diagnostica as mutações do trabalho na atualidade; Agonia do Leviatã e a crise do Estado Moderno, que debate as origens e circunstâncias contemporâneas do Estado Nacional; Caminhos do Saber Plural, que aborda vários aspectos do conhecimento; e Planeta Inquieto, que repensa a ética na passagem para o século 21.

Angelo Cortelazzo, coordenador de Ensino Superior do Centro Paula Souza, comemora a parceria: “Poder enriquecer o acervo de nossas bibliotecas com esses novos títulos já seria algo importantíssimo. Entretanto, a abordagem multidisciplinar do projeto da professora Cremilda e o conteúdo dessas obras ultrapassaram todas as nossas expectativas”.

Sobre a série e a autora
Os encontros que originaram a série Novo Pacto da Ciência começaram na década de 90 e saíram do âmbito da USP para captar a reflexão e tendências do conhecimento em outras universidades brasileiras e do exterior. Cremilda Medina propõe, com a série de debates, o que chama de uma “atravessagem disciplinar” entre os diversos campos do saber.

Autora de 13 livros, Cremilda Medina concebeu e organizou várias obras que reúnem 49 coletâneas, entre elas o Novo Pacto da Ciência e os livros-reportagem São Paulo de Perfil, um painel da metrópole com seus problemas, desafios e o mosaico cultural de seus habitantes. Seu livro mais recente é Ciência e Jornalismo, da herança positivista ao diálogo dos afetos (Summus Editorial, 2008).

Compartilhe


Veja também