Fatec Tatuí grava samba-enredo da Unidos de Vila Maria

13 de outubro de 2021

Compartilhe!

O cantor Wander Pires, da Unidos de Vila Maria, no estúdio da Fatec Tatuí l Foto: Acervo Fatec Tatuí

A Gravadora Experimental da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Tatuí gravou o samba-enredo da Unidos de Vila Maria, que será defendido pela escola do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo no desfile de 2022. É a primeira vez que estudantes e professores do curso de Produção Fonográfica da Fatec participam de uma atividade do gênero.

Os trabalhos começaram na sexta-feira (1), com a gravação de instrumentos de percussão, como surdos, caixas, repiques e tamborins. No dia seguinte, foi a vez dos violões, cavaquinhos e bandolins, além das vozes principais e de suporte. “Os estudantes foram convidados a participar do coro e ficaram muito contentes”, revela o coordenador do curso, José Pires Júnior.

Com o registro do samba-enredo “O mundo precisa de cada um de nós. A Vila é porta-voz”, a Gravadora Experimental diversifica seu catálogo de gravações. “As gravadoras sempre trabalharam com os chamados títulos de nicho, como música erudita e instrumental, e com produções populares”, afirma Pires. “Temos muito a contribuir com a escola porque temos uma estrutura que para eles é cara, e oferecemos sem custos.”

A parceria entre a Fatec Tatuí e a Unidos de Vila Maria já vem de longa data. Nos últimos dois anos, professores do curso de Produção Fonográfica participaram do júri que escolheu os sambas-enredo que foram defendidos na avenida.