Fatec Indaiatuba faz pesquisa sobre qualidade em hospital


18 de fevereiro de 2020

Compartilhe!

Cerca de 50 estudantes participam do levantamento e aprendem a ouvir o usuário de um serviço | Foto: Divulgação

Cerca de 50 estudantes participam do levantamento e aprendem a ouvir o usuário de um serviço | Foto: Divulgação

A experiência do usuário com um produto ou serviço está cada vez mais sendo levada em consideração pelas empresas. Estudantes da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Indaiatuba estão aprendendo, na prática, a importância de desenvolver a capacidade de ouvir o cliente para medir a qualidade de um serviço.

Até março, cerca de 50 alunos de diversos cursos da Fatec, vão se revezar para coletar e tabular informações fornecidas por usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no Hospital Augusto de Oliveira Camargo, localizado em Indaiatuba.

Esta é a sexta edição da iniciativa, realizada pelo hospital em parceria com a Fatec, sob orientação do professor Eugênio Tadeu. Para realizar o levantamento, os alunos ouvem pacientes e familiares que passam pelo pronto-socorro, alas de internação e maternidade. O objetivo é que a pesquisa tenha informações de cerca 1,3 mil usuários.

Na avaliação do coordenador do trabalho na Fatec, Osmar Alves Teixeira, a experiência pode ser muito rica para os estudantes. “Todo profissional precisa desenvolver essa capacidade de ouvir o cliente”, afirma. “Só assim é possível desenvolver produtos e serviços de acordo com as necessidades de quem vai usar ou comprar.”

Teixeira explica que os alunos também atuam no levantamento dos dados, tabulação, compilação e análise dos resultados. “Eles têm a oportunidade de fazer uma análise crítica dos dados coletados”, diz. Segundo ele, os resultados levantados servirão de parâmetro aos gestores do hospital no processo de tomada de decisões sobre as melhorias dos serviços prestados à população.