CPS orienta visitantes do Pit Stop Motofretista Seguro

21 de julho de 2021

Compartilhe!

Instalada em frente ao estádio do Pacaembu, carreta do Via Rápida oferece capacitação para motociclistas | Foto: Divulgação

*Com informações do Detran.SP

Os participantes do Pit Stop do Programa Motofretista Seguro podem receber orientações gratuitas sobre manutenção básica de motocicletas na Unidade Móvel de Motos do Via Rápida, programa de qualificação profissional da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado, em parceria com o Centro Paula Souza (CPS). Esta é a segunda edição do evento, que ocorre nesta quarta (21) e quinta-feira (22), das 7 às 17 horas, na Praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu.

De acordo com a coordenadora de Formação Inicial e Educação Continuada (Ufiec) do CPS, Marisa Souza, os motofretistas têm a oportunidade de aprender noções de como fazer a manutenção dos veículos. “É um minicurso por meio de exemplos práticos e vídeos sobre troca de óleo, substituição de filtro de ar e lubrificação de corrente. Eles também recebem orientações sobre a importância do distanciamento, uso de máscaras e demais protocolos de prevenção à Covid-19 durante as atividades de delivery“, explica.

O evento do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) conta com outros atrativos, como a oferta de crédito de até R$ 21 mil para os motofretistas por meio do Banco do Povo e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP), que dispõe ainda de uma unidade móvel para sanar dúvidas dos entregadores sobre formalização da atividade e como tornar seu trabalho mais lucrativo.

A expectativa dos organizadores é reunir mais de 9 mil motofretistas no encontro, que tem como objetivo ampliar o número de pessoas atendidas pelo Motofretista Seguro. Mais de 3 mil profissionais já estão inscritos no programa. Para fazer a inscrição, basta preencher o cadastro no portal motofretistaseguro.sp.gov.br e seguir as orientações.

Segundo pesquisa da Rede de Reabilitação Lucy Montoro, 57% das vítimas de trânsito com sequelas são motociclistas. Hoje, acidentes nesse modal acontecem em número quatro vezes superior ao de carros.

Distribuição de brindes

Além das capacitações e da ajuda financeira em caso de inscrição, os motociclistas que marcarem presença no Pacaembu terão a oportunidade de participar de um quiz sobre comportamento e educação no trânsito e receber prêmios. Empresas parceiras estão distribuindo brindes, como camisetas com proteção ultravioleta, mochila térmica, jaquetas, suportes, porta-celular, antenas corta-pipa e vouchers para check up e troca de óleo. Todas as abordagens respeitam os protocolos sanitários e o distanciamento social.