Jovens de Fatec criam soluções para desenvolvedores de games


21 de agosto de 2020

Compartilhe!

Victor Branco e Daniel Moura desenvolveram soluções para auxiliar no trabalho de criação de jogos musicais e de luta | Foto: Divulgação

Pensando em facilitar a rotina de colegas que atuam na produção de games de luta e de ritmos musicais, dois estudantes do curso superior tecnológico de Jogos Digitais, da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) São Caetano do Sul, decidiram elaborar ferramentas de apoio para outros desenvolvedores. Com seus conhecimentos em programação, eles criaram o Hamoopi, um programa em código aberto para elaboração de jogos de luta, e o Rhythmator, um módulo de extensão para simplificar a sincronização de efeitos sonoros.

O Hamoopi é resultado de cinco anos de trabalho para criação de uma plataforma voltada ao desenvolvimento de jogos de luta. No início de agosto, o estudante Daniel Moura, disponibilizou a ferramenta gratuitamente para ajudar profissionais e entusiastas do mundo dos games a produzir seus jogos sem se preocupar com programação.

“A partir de ilustrações feitas pelos próprios usuários, é possível criar personagens, cenários, golpes, efeitos e animações. Em questão de minutos, as imagens são reconhecidas e os lutadores ganham vida. Não há limite para quem quiser lançar uma nova narrativa e alterá-la como desejar, pois é um software colaborativo com código fonte aberto”, explica Daniel.

Na sincronia perfeita

Cansado de perder horas escrevendo códigos para sincronizar efeitos visuais e sonoros na produção de jogos de ritmo que simulam danças e batalhas de instrumentos musicais, o aluno Victor Branco resolveu elaborar seu próprio plug-in para fazer a sincronização de forma mais flexível e organizada na plataforma Unity. “Sempre tive muita dificuldade para alinhar o ritmo das músicas nos meus trabalhos utilizando os poucos recursos existentes”, conta Branco, conhecido como Rotciv, entre os gamers. “Então, resolvi arriscar a criação do Rhythmator, uma ferramenta simples, intuitiva e de maior utilidade, que pudesse também se transformar em um produto para outros desenvolvedores.”

Para o coordenador do curso de Jogos Digitais da Fatec São Caetano do Sul, Alan Carvalho, a iniciativa dos estudantes revela que a ascensão da área de games está trazendo novas oportunidades em diferentes campos de atuação. “É um mercado muito dinâmico com novidades surgindo a todo momento. Os desenvolvedores anseiam por ferramentas que os ajudem a aumentar a produtividade. A busca por soluções neste sentido abre ainda mais o leque de opções de carreira para os profissionais”, ressalta.

Veja Também