skip to Main Content

Estão abertas inscrições para 16ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia

Estão Abertas Inscrições Para 16ª Edição Da Feira Brasileira De Ciências E Engenharia
Luma Silva e Nathália Ferraz, da Etec de Suzano: campeãs da Categoria Ciências Exatas e da Terra na última mostra | Foto: Gastão Guedes

Estudantes das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) interessados em participar da 16ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) têm até 30 de outubro para fazer sua inscrição, pela internet ou pelo correio.

Organizada anualmente pela Escola Politécnica, por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI), no campus da Universidade de São Paulo (USP), a mostra tem como objetivo despertar nos jovens o interesse pela ciência, estimulando a criatividade, a inovação e o empreendedorismo.

Para participar da feira o jovem precisa estar regularmente matriculado no Ensino Médio, Técnico ou Integrado de escolas públicas e particulares de todo o País e ter até 20 anos.

Os projetos devem ser elaborados individualmente ou em grupos de até três alunos, sob a supervisão de um orientador, e se enquadrar em uma das sete categorias:  Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Humanas, Ciências da Saúde, Ciências Sociais Aplicadas e Engenharia.

Para saber como preencher o cadastro, desenvolver plano de pesquisa e ter outras informações sobre a Febrace, basta acessar o site da competição. Os finalistas serão anunciados em 18 de dezembro. A mostra está prevista para o período entre 13 e 16 de março de 2018.


Edição anterior

As ex-alunas do curso técnico de Química da Etec de Suzano, Luma Caroline da Silva e Nathália Leite Ferraz, com orientação do professor Cesar Tatari, conquistaram o primeiro lugar na Categoria Ciências Exatas e da Terra com o projeto Resina lignofenólica com uso de rejeito industrial, na 15ª edição da Febrace. 

Representantes de duas Etecs ficaram em segundo lugar: os da Bento Quirino, de Campinas, com a Prótese mioelétrica de baixo custo, na Categoria Engenharia; e os da Guaracy Silveira, da Capital, com Avaliação do detergente mais eficiente para descelularização pancreática visando a criação de um pâncreas bioartificial para o tratamento do diabetes tipo 1, na Categoria Ciências da Saúde.

Veja outras premiações no site.

Back To Top