Programa Jovens Embaixadores abre inscrições

27 de janeiro de 2022

Compartilhe!

Participantes da edição de 2020, após desembarcarem nos Estados Unidos | Foto: Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil

Estudantes das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) do Centro Paula Souza (CPS) e de outras instituições de ensino já podem se inscrever para a 20ª edição do programa Jovens Embaixadores. Promovida pelo Departamento do Estado dos Estados Unidos (EUA) com coordenação da embaixada e consulados norte-americanos no Brasil, a iniciativa dispõe de 50 vagas para intercâmbio de três semanas naquele país.

Voltado para jovens com idade entre 15 e 18 anos, o programa seleciona estudantes do Ensino Médio da rede pública com bom desempenho, perfil de liderança, inglês fluente e engajamento em iniciativas de impacto social. As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de fevereiro, pelo site jovensembaixadores.org.br. De acordo com o edital, o comitê de seleção buscará escolher ao menos um finalista de cada Estado, a fim de garantir maior representatividade e diversidade regional.

O embarque está programado para 1º julho de 2022. Devido à pandemia da Covid-19 e às restrições de viagens, o intercâmbio presencial ainda depende de aprovação do Departamento de Estado dos EUA. Caso não seja possível, os selecionados serão convidados para participar de um intercâmbio em “formato virtual bastante interativo e inovador”.

As atividades estão previstas para ocorrer entre 2 e 16 de julho. Pela programação original, na primeira semana, os estudantes conhecem a capital do Distrito de Colúmbia, participam de oficinas sobre liderança e empreendedorismo, visitam escolas, projetos de empreendedorismo social e reúnem-se com representantes do governo norte-americano. Em seguida, os participantes viajam para uma outra cidade, ainda a ser definida, onde haverá atividades relacionadas ao tema do programa, visita a projetos de empreendedorismo jovem, fazem apresentações sobre o Brasil.

Requisitos

Para concorrer a uma vaga no processo seletivo, é necessário ser brasileiro; ter entre 15 e 18 anos; ser aluno da rede pública e já ter cursado pelo menos o primeiro ano do Ensino Médio em 2021; inglês fluente; pouca ou nenhuma experiência anterior no exterior; jamais ter viajado aos EUA; renda familiar per capita mensal de até um salário mínimo; excelente desempenho escolar; ser comunicativo e ter perfil de liderança; possuir boa relação em casa, na escola e na comunidade; bem como estar atualmente engajado em iniciativas de impacto social por, pelo menos, seis meses.