Mostra conta história do CPS a partir de superintendentes


4 de outubro de 2019

Compartilhe!

Mostra teve início com a Jornada Patrimônio Cultural da Educação Profissional e Tecnológica e segue até o dia 20 | Foto: Divulgação

Em comemoração aos 50 anos do Centro Paula Souza (CPS), celebrados em 6 de outubro de 2019, a instituição apresenta a mostra Centro Paula Souza (1969 a 2019): Preservação do patrimônio cultural e histórico-educativo para memórias e história institucional. A mostra está disponível na sede administrativa do Paula Souza, no bairro de Santa Ifigênia, centro da Capital,

Aberta a visitação até 20 de outubro, a exposição conta em 11 painéis a história da instituição e apresenta documentos que nunca haviam sido expostos, como o relato da aula inaugural da Fatec São Paulo, proferida pelo então governador Abreu Sodré, em 3 de agosto de 1970. Traz ainda um relatório sobre os dez anos de atividades do CPS.

A exposição faz parte da Jornada Patrimônio Cultural da Educação Profissional e Tecnológica: Edifícios, Patronos e Diversidade na Gestão Escolar, organizada pelo Centro de Capacitação Técnica, Pedagógica e de Gestão e pelo Grupo de Estudos e Pesquisas em Memórias e História da Educação Profissional e Tecnológica (Gepemhep), com apoio da Unidade de Pós-Graduação, Extensão e Pesquisa. Realizado na sede da instituição, o evento começou na quinta-feira (3) e se encerra nesta sexta (4), com mais de 40 estudos e pesquisas.

Serviço
Centro Paula Souza (1969 a 2019): Preservação do patrimônio cultural e histórico-educativo para memórias e história institucional
Local: Mezanino do Centro Paula Souza
Rua dos Andradas, 140 – Santa Ifigênia, Capital
Data: 3 a 20 de outubro

Veja Também