Franca terá núcleo pró-calçado*

A cidade de Franca (400 km ao norte da capital), conhecida por ser um importante polo da indústria calçadista, vai ganhar um Núcleo de Inteligência Competitiva de Couro e Calçado (NICC), que funcionará como um […]

31 de março de 2009 10:44 am Fatec

A cidade de Franca (400 km ao norte da capital), conhecida por ser um importante polo da indústria calçadista, vai ganhar um Núcleo de Inteligência Competitiva de Couro e Calçado (NICC), que funcionará como um observatório tecnológico e mercadológico do setor, com o apoio da Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Franca e dos alunos do curso de Gestão da Produção de Calçados.

O anúncio foi feito nesta terça-feira, 31, pelo secretário estadual de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, durante assinatura de protocolo com o Sindicato da Indústria de Calçado de Franca (SindiFranca) para implantação do núcleo.

O convênio prevê um investimento de R$ 200 mil do Governo do Estado para aquisição de equipamentos e mobiliários para o núcleo. A iniciativa beneficiará mais de 3 mil empresas instaladas nos cinco municípios que compõem o Arranjo Produtivo Local (APL) da cadeia produtiva de calçados da região (Franca, Itirapuá, Patrocínio Paulista, Pedregulho e São João da Barra). Só no município de Franca, a indústria calçadista gera mais de 19 mil postos de trabalho.

O objetivo do núcleo será tratar e analisar informações para a tomada de decisões de empresas e instituições de ensino e pesquisa que compõem o setor produtivo couro-calçadista. A previsão é que o núcleo esteja operando em até um ano e meio.

A região ainda vai contar com outros dois projetos de incentivo à produção couro-calçadista. Um deles, chamado de “Do Empreendedorismo ao Profissionalismo” é uma parceria da Prefeitura de Franca com o Sebrae para oferecer cursos de planejamento e gestão de negócios para pequenos empreendedores. O outro é o lançamento de uma ação conjunta para estimular o desenvolvimento das empresas do APL.

APL de Franca

APL é uma aglomeração de empresas com especialização produtiva em um mesmo espaço geográfico. Os APLs mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre empresas, contando com apoio governamental, associações, instituições de crédito, ensino e pesquisa.

No município de Franca existem 760 indústrias couro-calçadistas. Dessas, 552 são micro, 130 pequenas, 65 médias e 13 grandes. A capacidade de produção é de 37 milhões de pares ao ano, sendo que 79,69% são destinados ao mercado interno.

*Com a Secretaria de Desenvolvimento

Compartilhe


Veja também