skip to Main Content

Fatec Indaiatuba recebe comunidade em dia dedicado aos games e à solidariedade

Fatec Indaiatuba Recebe Comunidade Em Dia Dedicado Aos Games E à Solidariedade
Mauro e Bruna, à esquerda, vão liderar campanha de conscientização sobre a doação de órgãos e sangue durante o evento na Fatec| Foto: Acervo pessoal

Neste sábado, dia 23, a Fatec Indaiatuba realiza seu primeiro Game Day, um evento aberto à comunidade com atividades para reunir quem gosta de jogos. A entrada é gratuita.

A partir das 9 horas, o público poderá participar de palestras, exposições, campeonatos de xadrez e de Othello (jogo também conhecido como Reversi), jogar videogame e RPG, ler mangás e aprender a solucionar o desafio do cubo mágico. Precisam se inscrever previamente, pela internet, interessados em aderir à competição do game de ação Counter Strike e ao desfile de cosplay.

“Com os jogos cada vez mais em evidência, resolvemos fazer um evento aberto que também atraísse as famílias, para que todos conheçam nosso trabalho”, explica um dos coordenadores do evento Lincon Peretto, docente do curso de Redes de Computadores.


Solidariedade

Além da diversão, a direção da Fatec se preocupou em usar seu espaço para promover ações sociais. Alunos e ex-alunos participarão de uma campanha de orientação para a doação de órgãos e de sangue.

Bruna Damasceno de Souza, de 29 anos, passou por quatro transplantes de órgãos, já na vida adulta. Em tratamento contra uma doença crônica que potencializa o depósito de substâncias que causam pedras nos rins desde a infância, a aluna do segundo semestre do curso de graduação tecnológica de Gestão Empresarial recebeu rins e fígado e hoje vive bem.

“Só tenho a agradecer às pessoas que se prontificaram em ser doadoras e avisaram suas famílias desse desejo, pois foram essas pessoas que salvaram a minha vida e me deram a oportunidade de continuar lutando e realizando meus sonhos, são como heróis para mim”, afirma.

Voluntária da Organização da Sociedade Civil Gabriel, ela se une aos ex-alunos Osvaldo Jesus de Moraes Junior, que ficou cego por consequência do diabetes, e Mauro Vitor Dias, que teve leucemia. Para Mauro, receber doação de sangue foi fundamental para vencer a doença. “Tive que trancar a faculdade por três anos e nesse período a Fatec fez campanha para doação de sangue para mim”, conta. “Agora, nosso objetivo é levar a conscientização para as famílias e acender essa chama de esperança de vida para muitas pessoas.”


Selo

Além de receber informações sobre essas campanhas, o público poderá levar alimentos e brinquedos para doação a entidades filantrópicas da região e também haverá um posto de recolhimento de lixo eletrônico com destino à reciclagem.

A Fatec de Indaiatuba já foi condecorada nove vezes com o selo Instituição de Ensino Superior Socialmente Responsável, conferido pela Associação Brasileira das Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES).

Back To Top