Etec de Mogi das Cruzes oferece primeiro curso técnico de Produção de Vidro do Brasil

8 de fevereiro de 2018

Compartilhe!

Alunos sairão habilitados para o mercado de fabricação de vidros após um ano e meio de curso| Foto: Creative Commons

A Escola Técnica Estadual (Etec) Presidente Vargas, de Mogi das Cruzes, promove nesta quinta-feira, dia 15, a aula inaugural do primeiro curso técnico de Produção de Vidro do Brasil. Inédita no País, a formação resulta da parceria firmada entre o Centro Paula Souza (CPS) com a empresa Nadir Figueiredo e a Associação Técnica Brasileira das Indústrias Automáticas de Vidro (Abividro).

O Vestibulinho para o primeiro semestre deste ano teve 158 inscritos para as 40 vagas oferecidas neste curso no período noturno, o que representa um índice de 3,95 candidatos por vaga. “Nossa escola está orgulhosa pela chance de oferecer uma formação técnica inédita no Brasil”, comemora a diretora da Etec, Merioni Musollari. “Ao aliar teoria e prática, o aluno fará o curso direcionado ao mercado de trabalho.”

A Nadir Figueiredo investiu cerca de R$ 500 mil na infraestrutura do Laboratório de Produção de Vidro da Etec e em seus equipamentos. Professores fizeram visitas à fábrica da empresa, em Suzano, Região do Alto Tietê.  Os estudantes também terão acesso a esse tipo de atividade durante o curso, que tem duração de três semestres.

A elaboração do currículo desta habilitação técnica teve a contribuição da Abividro e seguiu as necessidades apontadas em levantamento realizado pelo Centro de Pesquisa, Educação e Inovação em Vidros (CeRTEV, na sigla em inglês). Ligado à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), o CeRTEV reúne pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Universidade de São Paulo (USP), campus São Carlos, e Universidade Estadual Paulista (Unesp), de Araraquara.