skip to Main Content

Etec de Caçapava é a vencedora do Hackathon Acadêmico 2019

Etec De Caçapava é A Vencedora Do Hackathon Acadêmico 2019
Equipe campeã desenvolveu app para facilitar o aprendizado de química; objetivo é participar de mentorias e comercializar a ferramenta | Crédito: Divulgação

O projeto Organic da Escola Técnica Estadual (Etec) Machado de Assis, de Caçapava, conquistou o primeiro lugar no Hackathon Acadêmico 2019, realizado nesta terça (5), na sede do Centro Paula Souza (CPS), na Capital.

A Etec Elias Nechar, de Catanduva, ficou em segundo lugar com o app Taub School, e a Etec de Mauá obteve a terceira colocação com o Increaz. Realizado pelo projeto Robótica do CPS, o evento contou com o apoio das empresas iFood e Oracle, que participaram da comissão julgadora e apresentaram palestras sobre inovação. A competição teve 669 alunos inscritos, distribuídos em 128 equipes de 17 Etecs.  

O desafio proposto pelo Hackathon deste ano foi a criação de um aplicativo voltado à educação. O Organic é um jogo desenvolvido para facilitar o aprendizado da disciplina de química orgânica. Para o estudante do curso técnico de Química Gabriel Victor dos Santos, a ideia do grupo da Etec de Caçapava foi propor um jogo multiplataforma e leve que pudesse ser acessado por qualquer pessoa que tenha um celular com acesso a internet. “A dificuldade de aprender química é um sentimento democrático que atinge todos que estão no terceiro ano do Ensino Médio”, comenta. “Essa angústia geral nos motivou a criar uma ferramenta lúdica e visual, que garantisse ao conteúdo teórico um aspecto mais palpável e prático.”

Aperfeiçoamento do app

Além de Gabriel, o grupo vitorioso é formado pelos alunos Daniel Feliciano, Elisandra Trindade, Flávio Simplício e Vinícius Silva. A turma está confiante e continuará trabalhando no aperfeiçoamento do app para que o aplicativo possa ser disponibilizado na Apple Store. Para o coordenador do projeto, Cláudio Gomes, a experiência de participar do Hackathon é uma oportunidade de estímulo para os jovens se profissionalizarem. “O formato da competição é um tipo de metodologia ágil que submete os alunos à situação de pressão e esse é um dos aspectos do mercado de trabalho formal”, avalia.         

Outras Etecs que participaram da etapa final foram a de Campinas (Bento Quirino e as extensões Francisco Glicério e Hercy Morais), Cândido Mota (Professor Luiz Pires Barbosa), Capital (Jardim Ângela) Garça (Monsenhor Antônio Magliano) e São José dos Campos (Professora Ilza Nascimento Pintus).

Back To Top

Notícias

Alunos da Etec de Jandira fazem simulação de Tribunal do Júri
Prorrogadas as inscrições do Vestibulinho das Etecs
CPS aumenta número de vagas e cursos nas Etecs e Fatecs
Fatec Indaiatuba sedia 12ª edição de congresso de agroinformática
Torneio da Etec de Esportes tem penúltimo dia de atividades

Siga o CPS

CPS – Administração Central

Rua dos Andradas, 140 - Santa Ifigênia
CEP 01208-000 – São Paulo – SP
+55 11 3324-3300
Horário de funcionamento: 08h - 18h

Centro Paula Souza. Desenvolvido por AssCom/WEB. Todos os direitos reservados