CPS recebe secretária executiva da SDE

21 de setembro de 2021

Compartilhe!

Marina Bragante (à dir.) e equipe da Secretaria de Desenvolvimento durante visita ao Paula Souza I Foto: Divulgação

Na tarde desta terça-feira (21), a secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo (SDE), Marina Bragante, visitou a sede administrativa do Centro Paula Souza (CPS), localizada no bairro de Santa Ifigênia, na Capital, para conhecer a instituição e se inteirar dos novos projetos.

Marina foi recebida pela diretora-superintendente do CPS, Laura Laganá e pela vice-diretora-superintendente, Emilena Lorenzon Bianco. O subsecretário de Ensino Técnico, Tecnológico e Profissionalizante da SDE, Daniel Barros, participou do encontro.

Formada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), com mestrado em Administração Pública pela Harvard Kennedy School, Marina assumiu o cargo na SDE neste ano. Ela foi secretária adjunta de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo e atuou na Prefeitura do Município de São Paulo.

Etec Santa Ifigênia

Na ocasião, Marina visitou as instalações da Escola Técnica Estadual (Etec) Santa Ifigênia. A unidade foi inaugurada em 2013 e está localizada na mesma área onde fica a sede administrativa e o Centro de Capacitação do CPS.

O Estado investiu mais de R$ 85 milhões nas obras, com o objetivo de contribuir para a revitalização do centro da Capital. A Etec recebeu um Centro de Hospitalidade com equipamentos de última geração, doados pela Italian Culinary Institute for Foreigners (Icif), tradicional escola de enogastronomia italiana.

A unidade oferece os cursos técnicos de Cozinha, Eventos e Nutrição e Dietética.

Sobre o Centro Paula Souza

Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à SDE, o CPS administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e as Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos, sob a supervisão de uma Etec –, em cerca de 360 municípios paulistas. As Etecs atendem mais de 228 mil estudantes nos Ensinos Técnico, Integrado e Médio. Nas Fatecs, o número de matriculados nos cursos de graduação tecnológica supera 94 mil alunos.