CPS apresenta programa de empreendedorismo no último dia do 4º Semtec

16 de agosto de 2017

Compartilhe!

Diretor da Agência Inova Paula Souza destaca ações para estimular formação de startups | Foto: Divulgação

A quarta edição do Simpósio dos Ensinos Médio, Técnico e Tecnológico do Centro Paula Souza (CPS) terminou nesta quarta-feira, dia 16, com diversas apresentações de trabalhos de professores de Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais sobre experiências e práticas pedagógicas ligadas ao tema Empreendedorismo e Docência na Educação Profissional. O encontro teve como objetivo permitir a divulgação e o debate de estudos, práticas e reflexões entre os docentes da instituição.

Durante a manhã, o diretor da Agência Inova Paula Souza, Mauro Zackiewicz, apresentou uma palestra sobre o Programa de Empreendedorismo do CPS. Ele debateu com o público ações de estímulo à formação de startups e integração de projetos acadêmicos com o setor produtivo. “A ideia é estabelecer ambientes de colaboração para que os alunos possam desenvolver soluções a partir de demandas reais por inovação em parceria com o meio empresarial”, ressaltou.

Os participantes também conferiram uma exibição de 15 trabalhos em formato de pôster. A programação contou ainda, no período da tarde, com artigos de professores sobre temas ligados às Práticas de Ensino com Aplicação de Metodologias Ativas; Práticas Empreendedoras na Gestão Escolar; e Práticas de Estímulo ao Pertencimento do Aluno à Escola para o Combate à Evasão. Veja programação


Empreendedorismo na escola

O simpósio começou ontem, dia 15, com uma palestra da especialista em psicologia social Mara Elaine de Castro Sampaio, sobre o tema É possível educação empreendedora na escola?

A programação de terça-feira incluiu duas linhas temáticas: Práticas do Desenvolvimento de Competências Profissionais Empreendedoras e Práticas de Trabalhos Interdisciplinares como Estratégia de Ensino na Educação Profissional.

Na abertura do evento, a diretora-superintendente do CPS, Laura Laganá, ressaltou o papel da instituição na formação de jovens empreendedores. “O melhor lugar para incentivar a inovação e o empreendedorismo é a sala de aula. Sob o cuidado e a orientação dos nossos professores, os alunos aprendem a planejar, criar, arriscar, errar e acertar. Assim, vão adquirindo as múltiplas competências exigidas pelo mundo produtivo”, afirmou.

Empreendedorismo é tema do 4º Simpósio dos Ensinos Médio, Técnico e Tecnológico