Centro Paula Souza participará da Universidade Virtual do Estado de São Paulo

O Centro Paula Souza vai participar da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), criada oficialmente hoje, 18, pelo governador Geraldo Alckmin. O projeto de lei que institui a Univesp deve agora ser encaminhado à Assembleia Legislativa […]

18 de abril de 2012 5:00 pm Etec, Fatec

O Centro Paula Souza vai participar da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), criada oficialmente hoje, 18, pelo governador Geraldo Alckmin. O projeto de lei que institui a Univesp deve agora ser encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado para aprovação. O curso superior de Tecnologia em Processos Gerenciais em regime semipresencial do Paula Souza aguarda apenas o credenciamento do Ministério da Educação (MEC) para entrar em funcionamento.

A expectativa é que, a partir de 2013, sejam oferecidas 3.200 vagas anuais. O curso foi escolhido considerando-se a demanda do Estado. Dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) apontam que 700 mil empreendimentos em São Paulo sejam dirigidos por pessoas sem formação superior.

O curso será aberto a interessados em todo o País, mas os aprovados no processo seletivo terão de escolher um polo dentro do Estado de São Paulo – uma das 52 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) – onde deverão comparecer para atividades presenciais e avaliações. Cerca de 25% do curso será presencial: aulas que exijam equipamentos ou softwares específicos, por exemplo, serão desenvolvidas nos laboratórios das Fatecs.

Mais de 80 professores de ensino superior do Centro Paula Souza foram treinados para elaborar o material didático do curso, que inclui vídeos de resolução de problemas e apresentação de disciplinas, animações e até mesmo jogos virtuais. Adaptações foram feitas para o ambiente virtual com base no curso tecnológico de Gestão Empresarial, oferecido pelas Fatecs.

Já está em estudo no Centro Paula Souza a criação de outros cursos tecnológicos à distância nas áreas de Museologia e Restauro, em que faltam profissionais.

Expansão do ensino superior

Lançada em 2009, a Univesp tem como conceito fundamental o uso intensivo das tecnologias para a expansão do ensino superior público gratuito e de qualidade no Estado de São Paulo, através da ampliação do número e da abrangência geográfica das vagas ofertadas. Com isso, além de atender cidadãos de todos os 645 municípios do Estado, os cursos oferecidos pela Univesp atuarão como indutores de desenvolvimento regional. Até hoje, mais de 13 mil alunos já foram atendidos em cursos extracurriculares, graduação e especialização da universidade virtual, da qual participam as três universidades paulistas: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Além do curso de Tecnologia em Processos Gerenciais do Centro Paula Souza, a Univesp prevê que as outras instituições envolvidas ofereçam licenciaturas em Língua Portuguesa e em Matemática, bacharelado em Sistemas para Comércio Eletrônico e em Segurança da Informação, Licenciatura em Ciências, Engenharia da Computação e Engenharia de Produção, especialização em Formação de Educadores para Linguagem Brasileira de Sinais – Libras e especialização em Formação de Professores de Engenharia.

Compartilhe


Veja também