Paula Souza leva experiência de Etecs ao programa Novotec


1 de março de 2019

Compartilhe!

Laura Laganá fala durante o lançamento do programa Novotec, no Palácio dos Bandeirantes, na Capital |Foto: Gilberto Marques/MCW

Laura Laganá fala durante o lançamento do programa Novotec, no Palácio dos Bandeirantes, na Capital |Foto: Gilberto Marques/MCW

O Centro Paula Souza (CPS) vai usar sua experiência na gestão das Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais para a implantação do Novotec, programa desenvolvido em parceria com as Secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Educação para implantar as diretrizes do Novo Ensino Médio no Estado. O objetivo é oferecer o itinerário de formação técnica e profissional nas Etecs e nas escolas da rede estadual.

O lançamento da iniciativa ocorreu nesta sexta-feira (1º), no Palácio dos Bandeirantes, na Capital, e contou com a presença do Governador João Doria; do vice-governador, Rodrigo Garcia; da secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen da Silva; do secretário de Educação, Rossieli Soares da Silva; e da diretora-superintendente do CPS, Laura Laganá. “Esse é um programa de qualificação e, sobretudo, um programa que vai criar oportunidades e potencializar empregos”, afirmou Doria.

Patrícia apresentou o Novotec ao lado da diretora-superintendente do CPS e destacou a qualidade do ensino oferecido nas Etecs e Fatecs. “O Centro Paula Souza é uma ilha de excelência que queremos levar para mais alunos.” Já a diretora-superintendente do CPS falou sobre a necessidade de apoiar o desenvolvimento econômico do Estado e do País atraindo os jovens para uma educação que responda às necessidades dos estudantes e do mercado. “Nós temos de oferecer ao setor produtivo um número maior de pessoas bem qualificadas.”

O Novotec prevê que o estudante obtenha dois diplomas ao final dos três anos de curso: um pelo Ensino Médio e outro pelo Técnico. Com cinco horas diárias de aulas, o NovoTec atende a uma demanda de parte dos alunos que deseja estudar em um período e estagiar em outro.

A oferta de cursos levará em conta as estratégias para o desenvolvimento econômico do Estado e as demandas dos setores produtivos por profissionais qualificados. As aulas do programa serão ministradas em espaços existentes nas unidades do CPS e nas escolas da Secretaria Estadual de Educação (SEE).

Expansão

Hoje, o CPS tem cerca de 60 mil alunos matriculados no ensino integrado das Etecs. Pelo Novotec, pretende triplicar esse número, chegando a 180 mil matrículas em 2022.

Além da oferta de Ensino Médio com o itinerário de formação técnica e profissional, o programa é composto pelo Novotec Expresso, Novotec Móvel e Novotec Virtual, que oferecem cursos de curta duração em salas de aula, carretas e na modalidade EaD.

No Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, divulgado no ano passado, 23 Etecs ficaram entre as 100 melhores escolas da Capital e 39 unidades do CPS integram o grupo de 50 melhores escolas públicas do Estado. Além disso, a Etec São Paulo é a segunda melhor escola pública do Estado.

Veja Também