skip to Main Content

Embaixadora da ONU vai ensinar programação para alunas de Etec

Embaixadora Da ONU Vai Ensinar Programação Para Alunas De Etec
A partir da esquerda: a diretora da Etec, Eliane Malteze, Mariéme Jamme e Viviane Duarte, criadora do Plano de Menina l Foto: Divulgação

A Escola Técnica Estadual (Etec) Profª Drª Doroti Quiomi Kanashiro Toyohara, localizada no bairro de Pirituba, na Capital, recebeu nesta quarta-feira, 20, a visita da empresária senegalesa Mariéme Jamme. Embaixadora de tecnologia da Organização das Nações Unidas (ONU) e jovem líder global do Fórum Econômico Mundial, ela é fundadora do movimento I Am the Code, que pretende ensinar um milhão de meninas na África e no mundo a programar até 2030.

Entre março e junho, 30 alunas da Etec vão participar de uma capacitação em programação, utilizando um kit educacional criado por Jamme que permite o aprendizado rápido da profissão. “Tecnologia é um dos setores com os melhores salários do mercado e ainda tem uma presença feminina muito pequena”, explica a diretora da unidade, Eliane Malteze. “A inserção das meninas nesse universo vai contribuir muito para equiparar as condições econômicas entre gêneros.”

Na Etec de Pirituba, a iniciativa chega por meio de parceria entre a escola e o projeto social Plano de Menina.

Sofrimento se transformou em solidariedade

Durante a visita, a empresária e ativista conversou com estudantes e apresentou um pouco da sua história. Aos cinco anos de idade, no final dos anos 1970, foi entregue pela mãe para adoção. Depois de passar por quase 30 orfanatos no Senegal, chegou à França aos 14 anos, vítima do tráfego de pessoas. Em Paris, morou nas ruas e passou por abusos até ser presa e enviada pela polícia a um abrigo para refugiados, no qual conseguiu se alfabetizar por conta própria aos 16. Quatro anos depois, vai para Londres por meio de um programa que oferecia oportunidades de estudo para refugiados.

Na capital da Inglaterra, nos intervalos do trabalho – em casas de família e supermercados –, começou a aprender sozinha a operar programas como Excel. Foi o primeiro passo para conseguir emprego em um pequeno banco, fazendo entrada de dados em planilhas. A partir daí, teve início uma carreira de sucesso em instituições financeiras e de tecnologia, até abrir sua própria empresa de consultoria, a SpotOne Global Solutions.

Além de formar programadoras, o I Am the Code é o primeiro movimento global com base na África a mobilizar governos, iniciativa privada e investidores a apoiar a educação criativa de jovens mulheres e meninas por meio da ciência, tecnologia, engenharia, artes, matemática, empreendedorismo e design – metodologia representada pela sigla em inglês Steamed.

 

Notícias

Inscrições para o Novotec Expresso terminam domingo
Exame do Vestibulinho das Etecs deste domingo começa às 13h30
Etecs superam Finlândia, Japão e Canadá no Pisa para Escolas
Concurso premia professores com bolsa de estudos na Itália
Inscrição do Vestibular das Fatecs termina hoje, às 15 horas

Siga o CPS

CPS – Administração Central

Rua dos Andradas, 140 - Santa Ifigênia
CEP 01208-000 – São Paulo – SP
+55 11 3324-3300

Centro Paula Souza. Desenvolvido por AssCom/WEB. Todos os direitos reservados

Back To Top