skip to Main Content

Alunos da Etec de Araraquara criam capacete automatizado para motociclistas

Alunos Da Etec De Araraquara Criam  Capacete Automatizado Para Motociclistas
Crédito: Gastão Guedes | Maior parte dos materiais selecionados pelos estudantes para desenvolver o projeto foi reaproveitada

Estudantes da Escola Técnica Estadual (Etec) Profª Anna de Oliveira Ferraz, de Araraquara, desenvolveram um Capacete Wireless Automatizado para motociclistas. A partir de comandos de voz, é possível abrir e fechar a viseira, ligar e desligar a moto e até acionar o portão da garagem. A ideia dos alunos do curso técnico de Mecatrônica é facilitar o dia a dia dos motoqueiros e conscientizá-los sobre  a importância do uso da viseira fechada, para evitar acidentes e lesões nos olhos. O projeto, criado pelos estudantes Guilherme Bueno Francelino, Leonardo Silva Riqueto e Kelven Ademir Barbieri como trabalho de conclusão de curso, já teve seu processo de pedido de patente iniciado por meio da Agência Inova Paula Souza.

“O projeto é inovador e criativo na execução de tarefas por comando de voz, sobretudo porque atende às necessidades dos motociclistas quanto ao conforto e segurança”, avalia o professor Reinaldo Haddad, orientador da pesquisa. “É um trabalho promissor com grandes chances de comercialização no mercado.”

Premiado na 10ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps), o capacete utiliza microprocessador, microfone e tecnologia Bluetooth para captar a voz e executar os comandos. A programação permite o reconhecimento de apenas uma voz e chega a combinar duas funções no mesmo comando. Uma delas é o fechamento automático da viseira quando o motociclista dá partida no veículo. Clique e assista ao vídeo que demonstra o funcionamento do protótipo.

“Eu uso o capacete quando saio com a minha moto e as pessoas demonstram curiosidade ao me ver testar os comandos de voz. Outros motociclistas querem saber como funciona o mecanismo e perguntam se o modelo já está disponível para comprar”, conta Guilherme.

Ecológico

Além de inteligente, o produto é ecológico. A maior parte dos materiais selecionados pelos estudantes foi reaproveitada. Pela pesquisa inicial, os alunos estimam que o capacete poderia ser vendido por cerca de R$ 900.

“Nosso objetivo é lançar o produto no mercado respeitando o Inmetro”, diz Guilherme, que continua trabalhando no aperfeiçoamento do projeto com seus colegas de turma. “Haverá uma atualização em relação à segurança antifurto”, adianta.

Notícias

GastroEtec reúne cerca de 2 mil pessoas em dois dias de evento
Inscrições do Vestibulinho das Etecs terminam hoje, às 15 horas
Fatec Mogi das Cruzes realiza 3ª edição da Jornada de Tecnologia
Feira gastronômica da Etec Santa Ifigênia termina neste sábado
Congresso sobre sustentabilidade adia prazo de submissões

Siga o CPS

CPS – Administração Central

Rua dos Andradas, 140 - Santa Ifigênia
CEP 01208-000 – São Paulo – SP
+55 11 3324-3300

Centro Paula Souza. Desenvolvido por AssCom/WEB. Todos os direitos reservados

Back To Top