skip to Main Content

Projeto da Etec Júlio de Mesquita evita explosão ao bloquear gás e energia

Projeto Da Etec Júlio De Mesquita Evita Explosão Ao Bloquear Gás E Energia
Crédito: Reprodução Rede Globo | Dispositivo detecta vazamento e bloqueia o fornecimento de gás e de energia elétrica

Salvar vidas. Essa foi a principal motivação de Edmar dos Santos, Leandro Luna, Marcelo Oliveira e Paulo Gimenes para criar um dispositivo que pode impedir explosões de gás em casas ou empresas, acidentes que quase sempre deixam vítimas graves.

À época alunos do curso Técnico de Eletrônica da Escola Técnica Estadual (Etec) Júlio de Mesquita, de Santo André, os quatro amigos começaram a pesquisar o assunto para a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Satisfeitos com o resultado, agora planejam voos mais altos, como conseguir financiamento para produzir o aparelho em larga escala.

O grupo estima ser necessário um investimento inicial de R$ 400 mil para alcançar esse objetivo, mas não descarta transferir a tecnologia a empresas interessadas, em especial a fabricantes de fogões. O preço final do produto depende exatamente da quantidade a ser produzida, mas seus criadores garantem que o valor será baixo, diante das vidas que poderão ser salvas e dos prejuízos evitados.

Um primeiro e importante passo já foi dado, com o início do processo de registro da patente, o que facilita a atração de investidores. Também incluíram o projeto na Innova Santo André, incubadora vinculada à prefeitura local e agora aguardam o resultado do 3º Desafio Inova Paula Souza de Ideias e Negócios, do qual são um dos 15 finalistas. A iniciativa da Agência de Inovação do Centro Paula Souza recebeu neste ano a inscrição de três mil projetos.

“Nossas expectativas são muito boas”, diz Leandro, que espera ter dos jurados o mesmo interesse que a proposta vem recebendo dentro e fora da Etec. Recentemente,  a TV Globo (SPTV1) mostrou o projeto:http://glo.bo/1UBiDpv.

Avisa e desliga

Batizado de Detecta3, o dispositivo, ao detectar o vazamento, imediatamente começa a emitir sinais sonoros intermitentes e em poucos segundos fecha a entrada do gás e corta a energia elétrica desligando a chave geral, de forma totalmente automática. Com isso, evita que faíscas praticamente imperceptíveis possam provocar grandes tragédias. “Na maioria das vezes, a primeira coisa que uma pessoa faz ao sentir cheiro de gás é ligar a luz para verificar a situação, o que pode causar a explosão”, diz Paulo.

A ação de bloquear o fornecimento da energia elétrica é a principal diferença que destaca o equipamento criado pelos ex-alunos da Etec dos que já estão no mercado. Na maioria das vezes, esses mecanismos concorrentes apenas emitem um sinal sonoro ao detectar um vazamento.

Back To Top