skip to Main Content

Pelo segundo ano consecutivo, Fatec Marília recebe Prêmio Josué de Castro

Um rocambole feito à base de farinha de maracujá e girassol, isento de glúten e lactose, é o projeto da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Rafael Almeida Camarinha, de Marília, classificado em 3º lugar no Prêmio Josué de Castro, na categoria Pesquisa Científica. O concurso é promovido pelo Governo do Estado de São Paulo por meio do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Consea / SP).

A cerimônia de premiação será na tarde desta quinta-feira, 16, no Salão Nobre da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, localizada no centro da cidade de São Paulo.

Realizado pela professora Adriana Ragassi Fiorini, o trabalho teve apoio de três estudantes do 6º semestre do curso de Tecnologia em Alimentos. “A ideia foi desenvolver um produto que, além de reaproveitar alimentos, possui alto valor nutritivo e pode ser consumido por pessoas com dietas restritivas”, explica Adriana. Em 2013, cinco projetos de alunos e professores desta unidade também foram premiados na categoria Pesquisa Científica. Leia aqui

A ideia do Prêmio é reconhecer  iniciativas de universidades públicas e privadas e de instituições da administração municipal e estadual voltadas ao combate à fome e a desnutrição.

Back To Top