skip to Main Content

Fatec São Paulo e Laboratório de Engenharia da USP celebram 25 anos de parceria

Fatec São Paulo E Laboratório De Engenharia Da USP Celebram 25 Anos De Parceria
Crédito: Marcos Santos/USP | No LSI, o foco são as pesquisas na área de sistemas computacionais integrados

A Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) São Paulo, localizada no bairro do Bom Retiro, na Capital, celebra em 2016 os 25 anos da parceria com o Laboratório de Sistemas Integráveis da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). Desde 2009, o convênio contempla também a Fatec Santo André.

O trabalho de cooperação acadêmica existe desde 1991, quando surgiu o curso de Materiais, Processos e Componentes Eletrônicos, atualmente sob a nomenclatura de Microeletrônica, e prevê que as instituições desenvolvam em conjunto novas metodologias de ensino, projetos de pesquisa e intercâmbio entre alunos e professores.

Os estudantes da Fatec São Paulo usam ainda a estrutura física da USP durante a graduação. “A utilização do laboratório é para a realização da prática de algumas disciplinas integrantes da matriz curricular”, explica o professor Paulo Brazão, responsável pelo Departamento de Sistemas Eletrônicos da Fatec-SP.

“Os alunos também são orientados sobre os ambientes especiais necessários à fabricação de dispositivos semicondutores, como as salas limpas”, informa Brazão. “De maneira complementar, os estudantes fazem a análise do comportamento elétrico dos dispositivos criados por eles próprios nessas disciplinas por meio de técnicas de caracterização específicas.”

O mesmo ocorre no desenvolvimento do curso de Eletrônica Automotiva. A parceria com a Fatec Santo André também beneficia as unidades de Taubaté e Sorocaba, que oferecem o curso, a partir da formulação de novos conhecimentos. “A parceria nos ajuda na parte de desenvolvimento e troca de experiências entre os professores. Também conseguimos que alunos das duas instituições desenvolvam projetos em comum e deem continuidade aos estudos em pós-graduação na USP”, explica o diretor da Fatec Santo André, Alexsander Tressino de Carvalho, formado pela Fatec São Paulo, oriundo de mestrado e doutorado na Escola Politécnica da USP e um dos beneficiados com a parceria.

Orientação e apoio

Para os professores das Fatecs, o legado também é importante. Eles participam do programa de pós-graduação de Engenharia Elétrica da Escola Politécnica da USP, orientando pesquisas científicas na área e atuando no apoio de trabalhos de conclusão de curso dos estudantes da USP, levando essa experiência à docência do curso de graduação tecnológica.

Atualmente, a Fatec Santo André e o Laboratório de Sistemas Integráveis da Poli-USP desenvolvem um mockup, protótipo em tamanho real de um motor de automóveis, no qual os alunos podem trabalhar os conceitos da eletrônica automotiva e desenvolver novos estudos. “Nossa intenção é intensificar ainda mais esse caráter de cooperação entre as duas instituições na área acadêmica”, pontua o professor Armando Laganá, da Escola Politécnica.

Back To Top