Fatec São Caetano do Sul cria pinball com personagens do folclore brasileiro – CPS – Centro Paula Souza skip to Main Content

Fatec São Caetano do Sul cria pinball com personagens do folclore brasileiro

Fatec São Caetano Do Sul Cria Pinball Com Personagens Do Folclore Brasileiro
Crédito: Reprodução | Meta do jogo é derrotar vilão que realiza experimentos químicos em barco-laboratório clandestino

Os aficionados pelo tradicional jogo eletrônico pinball – aquele em que o jogador manipula palhetas para controlar esferas de metal, somar pontos e evitar que as bolas caiam no “buraco negro” – ganharam uma nova opção educativa desenvolvida por alunos do curso superior tecnológico em Jogos Digitais da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) São Caetano do Sul – Antonio Russo.

A partir de pesquisas no livro Dicionário do Folclore Brasileiro, de Luís da Câmara Cascudo, Guilherme Cortonesi Cela e Leandro Machado Pereira de Araújo criaram o jogo Monstro Pantaneiro Pinball, com o objetivo de mostrar de forma recreativa a fauna e o bioma do Pantanal Mato-Grossense, além de resgatar personagens do folclore, como curupira, boitatá e saci-pererê.

O game foi elaborado como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), orientado pelos professores Érika Fernanda Caramello, Miguel Marílio Saad Jr, Raquel Silva, Valteir Benedito Vaz e Willians Monteiro da Silva. Confira vídeo com a apresentação do trabalho para a banca avaliadora.

O jogo está disponível gratuitamente para download e funciona em computadores com plataforma Windows. A trilha sonora foi composta especialmente pelo músico violeiro Almir Pessoa, que participou voluntariamente do projeto. Foram utilizados efeitos sonoros de viola caipira, manipulados digitalmente, incluindo ritmos regionais como guarânia, cururu e polca mato-grossense.

De acordo com Guilherme, a ideia é disponibilizar o game para smartphones. “Estamos fazendo testes para criar uma versão para Android e também pretendemos elaborar cenários com características culturais de outras regiões do Brasil, como São Paulo, Minas Gerais e Amazonas”, ressalta.

Monstro do bem

O jogo retrata a história de Toinho, um pescador ribeirinho contaminado com uma substância radioativa que o transforma no monstro pantaneiro. Com a ajuda dos personagens folclóricos, sua meta é derrotar o doutor Leôncio, vilão que realiza experimentos químicos em um barco-laboratório clandestino, provocando a contaminação do Rio Paraguai após um acidente. Durante sua busca, Toinho enfrenta uma série de desafios e adversidades em uma incursão pelo folclore brasileiro.

Back To Top