Alunos da Etec de Araras adaptam cadeira de rodas a bike

Para atender pessoas com mobilidade reduzida, jovens do curso de Mecânica desenvolveram equipamento para ser instalado no lugar do guidão e da roda, permitindo o encaixe da cadeira

25 de janeiro de 2019 7:45 am Etec, Institucional

Alunos Carlos Aparecido Costa e Rafael Basqueira exibem o projeto com o professor Jorge Giorgiano (centro) | Foto: Divulgação

*Devido à legislação eleitoral, tanto o site quanto as redes sociais do CPS deixaram de ser alimentados entre julho e outubro de 2018. Neste período, informações de interesse da população foram veiculadas exclusivamente por meio de releases enviados à imprensa. Algumas matérias serão publicadas neste início de 2019, como esta notícia divulgada originalmente em 1º de outubro pela Agência de Boas Ideias.

Atentos às oportunidades do mercado de produtos voltados à inclusão de deficientes, seis alunos da Escola Técnica Estadual (Etec) Pref. Alberto Feres, de Araras, desenvolveram um dispositivo para acoplar cadeiras de rodas a bicicletas, proporcionando uma nova opção de lazer para pessoas com mobilidade reduzida.

Trata-se de um equipamento à base de aço de carbono para ser instalado no lugar do guidão e da roda, permitindo o encaixe da cadeira de rodas na parte da frente da bicicleta. Enquanto o ciclista pedala, ele controla a direção utilizando a própria cadeira de rodas.

Elaborado pelos estudantes Aldo Ventura, Carlos Aparecido Costa, Felipe da Silva, Gustavo Ricci, Matheus Uccella e Rafael Basqueira, do curso técnico de Mecânica, o projeto foi desenvolvido como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), orientado pelo professor Jorge Luiz Giorgiano.

Rafael explica que o experimento foi inspirado em um modelo europeu que custa cerca de mil reais. “O diferencial do nosso projeto é a fácil instalação, utilizando parafusos manípulos que dispensam o uso de ferramentas. Além disso, gastamos menos de R$ 150 em materiais para o protótipo. Em escala industrial, o preço para o consumidor final deve chegar a um valor ainda mais acessível”, ressalta. Veja o vídeo. Os alunos buscam parcerias para fazer com que o projeto se transforme em um produto e seja comercializado.

“O equipamento pode se tornar um grande aliado no tratamento médico, contribuindo também para a autoestima do cadeirante com uma nova possibilidade de diversão e lazer”, explica o orientador Jorge Giorgiano. “Curtir o vento no rosto durante uma pedalada é uma ótima terapia para qualquer pessoa”, acrescenta.

Feira Tecnológica

O kit para adaptação de cadeiras de rodas a bicicletas foi um dos projetos apresentados na 12ª edição da Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps). O grupo participou da Categoria 5 –Tecnologia Industrial Mecânica.

“Com mais de 45 milhões de deficientes, somados ao envelhecimento da população no Brasil, o mercado de tecnologias assistivas atrai cada vez mais estudantes com ideias inovadoras querendo criar startups”, afirma a assessora de Inclusão da Pessoa com Deficiência do CPS, Alessandra Costa.

A Etec de Araras apresentou ainda outros quatro trabalhos em diferentes categorias da Feteps: Aplicação Cosmética do Óleo Essencial de Jambo, Clima Organizacional como Prática Assertiva, Fabricação de Lápis com Bagaço de Cana-de-Açúcar e Prensa Desaguadora. Conheça os projetos da Feteps

Compartilhe


Veja também