Implantação dos Conceitos de Sustentabilidade em uma Instituição de Ensino Superior : Estudo de caso da FAMEC – Faculdade Metropolitana de Curitiba

Autor: Eduardo Vaz da Costa Júnior
Ano de Publicação: 2012
Curso: Gestão, Desenvolvimento e Formação
Tipo de Produção: Dissertação
Linha de Pesquisa: Tecnologias Ambientais

Resumo

O presente trabalho consiste na pesquisa-ação em estudo de caso do planejamento e implantação dos princípios de sustentabilidade na FAMEC – Faculdade Metropolitana de Curitiba, em São José dos Pinhais, Paraná, Brasil. A pesquisa pretende contribuir para a construção de um futuro modelo referencial de implantação da sustentabilidade em uma instituição de ensino superior.

O modelo de gestão aplicado foi o da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) -entidade mantenedora da Faculdade Metropolitana de Curitiba (FAMEC) – fundamentado na metodologia do Balanced Scorecard (BSC)e no Triple Bottom Line (TBL). Além dos imperativos estratégicos da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), também informam o trabalho outras bases do “Desenvolvimento Sustentável e da Sustentabilidade”, como as do “Relatório Brundtland”, da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento realizada em junho de 1992 no estado do Rio de Janeiro, conhecida como “ECO 92”, e dos “Objetivos do Milênio” (ODM).

Especificamente no âmbito da “Educação para a Sustentabilidade”, levou-se em consideração a “Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável – 2005-2014” e os “Princípios para a Educação Empresarial Responsável” (PRME ou PRIME), inscritos no “UN Global Compact” (Pacto Global das Nações Unidas).

As ações já realizadas contemplaram: eliminação das pendências financeiras, fiscais e tributárias; obtenção de todas as CNDs (Certidões de não débito); recredenciamento da Faculdade Metropolitana de Curitiba (FAMEC) junto ao Ministério de Educação e Cultura (MEC); renovação dos reconhecimentos dos cursos de Direito, Administração e Ciências Contábeis; adesão ao Financiamento Estudantil (FIES) e ao Programa Universidade Para Todos (PROUNI); implantação de plano de benefícios para os professores e colaboradores administrativos; adesão ao programa de redução do consumo e conservação de energia da Companhia Paranaense de Energia (COPEL); capacitação geral dos professores no Curso de Administração Sustentável; criação e aprovação do plano de cargos e salários do corpo docente e dos colaboradores administrativos; criação e implantação de políticas de iniciação científica em consonância com as demandas dos Fóruns Temáticos da Federação das Indústrias do Paraná.

Próximos passos: revisão das matrizes curriculares dos cursos da Faculdade Metropolitana de Curitiba (FAMEC), com vistas à disseminação transversal do conceito de sustentabilidade; implantação do Programa de Gestão de Resíduos Sólidos da Faculdade Metropolitana de Curitiba (PGRS – FAMEC). Conclusão: a Instituição de Ensino Superior (IES) pode e deve ser exemplo em práticas sustentáveis, ainda que essa adesão enfrente a dificuldade na quebra do paradigma atual.


Palavra Chave

Desenvolvimento sustentável Educação Empresarial Responsável Gestão Responsabilidade Ambiental Responsabilidade Social Sustentabilidade