A Pesquisa Aplicada E A Inovação Tecnológica Na Educação Profissional: Desdobramentos No Instituto Federal De Educação, Ciência E Tecnologia De São Paulo

Autor: Ana Paula Damasceno de Brito
Ano de Publicação: 2016
Curso: Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional
Tipo de Produção: Dissertação
Linha de Pesquisa: Gestão e Avaliação

Resumo

BRITO, A. P. D. A pesquisa aplicada e a inovação tecnológica na educação profissional: desdobramentos no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. 271f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional). Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2018.

O presente trabalho tem por objetivo investigar como o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo é visto, tanto em termos da dimensão de produção intelectual e de sua atuação visando à proteção dos direitos sobre propriedade intelectual e patentes oriundos dos resultados de pesquisa tecnológica aplicada quanto em termos dos potenciais desdobramentos pedagógicos possibilitados por tais pesquisas. O estudo justifica-se pela dupla missão dada aos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia de formar alunos com espírito crítico-reflexivo, voltados para pesquisas de natureza aplicada, e ser um agente estratégico na geração de vantagens competitivas por meio da pesquisa tecnológica, no qual o NIT exerce função essencial. O referencial teórico foi construído com as obras de Shozo Motoyama, Milton Vargas e Simon Schwartzman para retomar a história da ciência e tecnologia no Brasil, e Silvia Maria Manfredi e Luiz Antônio Cunha para abordar os marcos significativos a esta pesquisa na história da educação profissional e tecnológica federal. Como metodologia, foi conduzida uma pesquisa bibliográfica e documental para discutir a política institucional, e uma pesquisa de campo, com a realização de entrevistas semiestruturadas com docentes que tiveram projetos submetidos ao NIT. Como resultado, foram encontrados elementos que indicam que o NIT, por meio da política de inovação, promove a cultura da inovação nos projetos e traz desdobramentos pedagógicos que podem ser considerados relevantes em termos da formação dos alunos, em particular nas dimensões dos saberes técnico-científicos, culturais e de atuação profissional na área de gestão de projetos. Constatou-se que de forma geral, a pesquisa aplicada pode gerar um significativo ganho pedagógico e na formação de competências pessoais e profissionais, nas quais o aluno tem incrementadas as suas capacidades de comunicação oral e escrita e desenvolve um pensamento crítico-reflexivo e autonomia intelectual. No aspecto político, as entrevistas possibilitaram compreender o juízo que os docentes fazem sobre a excessiva carga horária alocada em aulas e, dessa forma, como isso pode ser um elemento constrangedor na produção de pesquisa aplicada na instituição. Espera-se com esse trabalho fornecer elementos e subsídios aos policy makers e gestores do IFSP no processo de elaboração, implementação e avaliação de políticas e instrumentos de gestão para a pesquisa tecnológica aplicada e o fomento à cultura de inovação no contexto da educação profissional e tecnológica coerentes e articulados à missão institucional dos Institutos Federais.


Palavra Chave

Ciência & Tecnologia Educação Profissional e Tecnológica Inovação Pesquisa Tecnológica Política Educacional