A Contribuição Da Gestão Logística No Equilíbrio Entre Estoques E Nível De Atendimento Ao Cliente: Um Estudo de Caso

Autor: Wagner Delmo Abreu Croce
Ano de Publicação: 2018
Curso: Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos
Tipo de Produção: Dissertação
Linha de Pesquisa: Gestão de Sistemas Produtivos

Resumo

CROCE, W. D. A. A contribuição da gestão logística no equilíbrio entre estoques e nível de atendimento ao cliente: um estudo de caso. 136 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos). Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2018.

A gestão logística tem seu foco na manutenção de níveis elevados de serviço e custos baixos, o que constitui diferencial competitivo das empresas na economia do século XXI. O presente trabalho tem por objetivo identificar quais ações e práticas da gestão logística e da cadeia de abastecimento contribuem para a elevação do nível de satisfação dos clientes e para a redução do nível de investimento em estoques, e como medir essa contribuição. O procedimento metodológico utilizado foi o estudo de caso, com abordagem qualitativa e utilização de questionários e entrevistas com um conjunto de gestores com atuação ligada aos processos logísticos de uma indústria de embalagens de vidro. Os dados foram analisados com o uso do modelo de análise de conteúdo, por meio da redução e posterior categorização dos mesmos. O método permitiu a avaliação com base na percepção de especialistas diretamente envolvidos com a Empresa e sua operação, onde se obteve como resultados: a boa gestão e organização dos estoques, procedimentos consistentes de gestão de demanda, ações e ferramentas de gestão colaborativa da cadeia (EDI, VMI, ECR, CRP e CPFR) conduzem à elevação do nível de serviço e à redução do investimento em estoque; a manutenção de estoques suficientes e privilegiar o atendimento ao cliente nas operações da empresa conduzem a elevação do nível de serviço, mas podem gerar elevação indesejada no investimento em estoque. Além disso, concluiu-se que os indicadores de desempenho mais adequados para quantificar as contribuições para elevação do nível de serviço são: Pedidos Completos e no Prazo (OTIF) e Entregas no Prazo, e para quantificar a redução do investimento em estoque são: Investimento em Estoque, Giro de Estoque e Estoque em Dias.


Palavra Chave

Gestão da Cadeia de Abastecimento Gestão de Sistemas Produtivos Gestão Logística Nível de Investimento em Estoque. Nível de Serviço