skip to Main Content

Proposta de curso técnico para produção de vidro será apresentada na China

Neste sábado, 9 de abril, a proposta de curso técnico voltado à produção de vidro, que está sendo desenvolvida pelo Centro Paula Souza em parceria com a Associação Técnica Brasileira das Indústrias Automáticas de Vidro (Abividro), será apresentada no 24º Congresso Internacional de Vidro, em Xangai, na China.

Inédita no Brasil, esta formação profissional tem por objetivo qualificar trabalhadores para atuar no setor vidreiro, que apesar de ter uma produção crescente não possui mão-de-obra especializada. Em São Paulo, estão concentradas 65% das indústrias vidreiras. A Região Metropolitana e o Vale do Paraíba respondem por 40% da produção do País, que está em 12 mil toneladas por dia.

“A participação em um congresso internacional do setor de vidro é importante para mostrarmos ao mundo a qualidade do curso de nível médio que o Centro Paula Souza está criando”, diz o professor José Antonio Castro Bartlega, responsável pelo projeto do novo curso técnico com a equipe formada também pelos pesquisadores Ana Candida Martins Rodrigues, da Universidade Federal de São Carlos, Mauro Akerman, da Escola do Vidro, Marcelo Nalin, da Universidade Estadual Paulista, e Eduardo Bellini Ferreira, da Universidade de São Paulo.

Em maio, o curso será apresentado no 60º Congresso Brasileiro de Cerâmica, que será realizado entre os dias 15 a 18, em Águas de Lindoia, no interior paulista.

Back To Top