Professores do Centro Paula Souza participam de debate sobre pedagogia do teatro – CPS – Centro Paula Souza skip to Main Content

Professores do Centro Paula Souza participam de debate sobre pedagogia do teatro

Professores Do Centro Paula Souza Participam De Debate Sobre Pedagogia Do Teatro
Crédito: Divulgação | Para aumentar o conhecimento sobre teatro, professores lotaram o Teatro Sergio Cardoso, na Capital

Mais de 600 professores de Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais participaram na terça-feira, 22, de um ciclo de debates sobre pedagogia na área teatral no Teatro Sérgio Cardoso, na Capital. O evento contou com a presença do secretário estadual de cultura, Marcelo Mattos Araújo, e do chefe de gabinete da superintendência do Centro Paula Souza, Luiz Carlos Quadrelli.

A iniciativa integra a primeira parte da Formação inicial e continuada em metodologias ativas para o trabalho docente com o uso da linguagem teatral e dinâmicas lúdicas, oferecida pelo Centro Paula Souza em parceria com a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.  “Para inovar é preciso ser persistente. Esse curso é resultado do esforço dos professores do Paula Souza que se empenharam para que se realizasse”, disse Quadrelli.

“Na metodologia ativa, o professor tem a função de agir como mediador e curador do conhecimento, colocando o aluno como protagonista do seu processo de aprendizagem”, explica a responsável pelo Centro de Capacitação Técnica, Pedagógica e de Gestão do Paula Souza, Lucília Guerra.

Durante o debate, diretores e dramaturgos conversaram com os professores sobre a arte de ensinar  teatro. Entre os palestrantes estiveram grandes nomes da área como Ingrid Koudela, Joaquim Gama, José Simões de Almeida Junior, Beth Lopes, Maria Thaís, Rodolfo García Vázquez e Marici Salomão. Além dos atores Maria Fernanda Candido e Alexandre Borges.

A ideia é que, ao utilizar os recursos do teatro baseados nessa metodologia, os professores estimulem os estudantes a buscar respostas de forma lúdica e atraente. A capacitação visa ainda a melhorar a comunicação e a integração entre docentes e alunos. “A arte ajuda a educar o mundo e ampliar o ponto de vista das pessoas”, reforça Lucília.

Teatro para ensinar 

Todo o material que será utilizado no curso foi produzido pela SP Escola de Teatro. Os professores terão acesso pela internet a podcasts, videoaulas e livros didáticos sobre práticas pedagógicas e conteúdo específico sobre teatro e suas relações com outras linguagens artísticas. Assuntos como poesia e a dramaturgia em sala de aula, poética e tecnologia, dicas de como trabalhar a questão das diferenças e da diversidade, técnicas de corpo e voz estão contemplados pela formação.

“Já utilizávamos bastante o teatro em capacitações com professores de português, afinal essa linguagem tem o poder de atingir o adolescente e deixar a aula mais interessante”, ressalta Vera Vicchiarelli, coordenadora de projetos da instituição. A meta agora é agregar docentes de áreas mais distantes das artes, como a Eletrônica, para que possam encontrar no teatro referências para tornar as atividades acadêmicas mais dinâmicas. 

Curso piloto

Em novembro de 2015, foram realizadas oficinas regionais com a participação de integrantes da SP Escola de Teatro em 16 Etecs de 13 municípios: Assis, Cerquilho, Fernandópolis, Jales, Leme, Lençóis Paulistas, Osvaldo Cruz, Santana de Parnaíba, Santos, São Joaquim da Barra, São Pedro, São Paulo e Taquarituba. Cerca de mil pessoas entre alunos e professores participaram dos encontros que estabeleceram a fase piloto do projeto.

Professores do Centro Paula Souza participam de debate sobre pedagogia do teatro

Back To Top