skip to Main Content

Ipaussu recebe oitava edição da Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania

Ipaussu Recebe Oitava Edição Da Caravana Da Inclusão, Acessibilidade E Cidadania
Acessibilidade é parte do cotidiano de alunos de Etecs e Fatecs |

A 8ª Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania, realizada pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, estará em Ipaussu, na Região de Marília, nesta terça-feira, dia 23, para levar novamente ao centro dos debates municipais e regionais as questões relacionadas às políticas públicas inclusivas.

Assim como ocorreu no primeiro encontro, em Cruzeiro, o Centro Paula Souza (CPS) participa da iniciativa, representado pela assessora de Inclusão da Pessoa com Deficiência, Alessandra Costa, apresentando as ações da instituição relativas a aspectos pedagógicos, tecnologias assistivas e estrutura física, para levar uma educação de qualidade aos jovens com os mais variados tipos de limitações.

Além do secretário adjunto dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Luiz Carlos Lopes, também participam do evento o diretor da Etec Prof. Pedro Leme Brisolla Sobrinho, de Ipaussu, José Viol, e estudantes portadores de deficiência da própria unidade.

Ainda em 2017, a Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania passará pelos municípios de Barretos, Barrinha, Ibiúna e Piracicaba. O evento é aberto ao público.


Cultura inclusiva

Nas Etecs e nas Fatecs, a inclusão começa no processo seletivo. Já na ficha de inscrição, o candidato pode solicitar atendimento diferenciado, como prova em braille ou ampliada, intérprete de libras ou escolha do melhor local para fazer o exame.

Ao ingressar na instituição, o aluno é entrevistado para que sejam definidas as tecnologias assistivas e a metodologia de ensino adequadas. Os professores são constantemente capacitados para atender as necessidades específicas do estudante com deficiência.

Nos últimos cinco anos, foram treinados cerca de 2 mil funcionários em temas como integração, práticas pedagógicas, metodologias de ensino para pessoa com deficiência, tecnologias assistivas, legislação e linguagem de sinais.

A cultura inclusiva também está presente na rotina dos demais alunos da instituição, com seus projetos tecnológicos que anualmente são destaques em feiras de ciência de todo o País. Entre as invenções recentes dos estudantes estão aplicativos de celular para facilitar a vida de deficientes visuais, robô para auxiliar na educação de autistas, moda inclusiva, cadeira de rodas motorizada controlada por movimentos da testa, prótese de baixo custo com componentes mecânicos e eletroeletrônicos.


Serviço

Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania
Local:
 Secretaria Municipal de Educação e Cultura
Avenida Emília Rodrigues Moraes Leite, 30 – Jardim Cocajá I
Quando: 23 de agosto, das 9 às 17 horas

Back To Top