skip to Main Content

Inscrições para os cursos de Práticas em Mídias Sociais e Agentes do Brincar terminam nesta quinta-feira, 4

Inscrições Para Os Cursos De Práticas Em Mídias Sociais E Agentes Do Brincar Terminam Nesta Quinta-feira, 4
Crédito: Reprodução | Curso é voltado a quem já trabalha com atividades socioeducativas para crianças e jovens

Interessados em fazer os cursos gratuitos de Formação Inicial e Continuada em Prática em Mídias Sociais e o de Qualificação Profissional para o Trabalho em Agentes do Brincar, na Escola Técnica Estadual (Etec) Parque da Juventude, na Capital, têm até o dia 4 de fevereiro para fazer sua inscrição, exclusivamente pela internet.

Para participar do processo seletivo, o candidato deve ter concluído ou estar cursando o terceiro ano do Ensino Médio regular, Educação de Jovens e Adultos (EJA), ou os Ensinos Técnico ou Superior.

O valor da taxa de inscrição para ambos os cursos é de R$ 30. A prova, também para os dois cursos, será realizada no sábado, 13 de fevereiro, às 9 horas, nas instalações da Etec, no bairro de Santana. As aulas começam dia 5 de março, das 8 às 13 horas. Confira mais informações no edital.

Práticas em Mídias Sociais

Com 160 horas no total, 80 presenciais e 80 on-line, o curso de Mídias Sociais oferece 20 vagas nesse processo seletivo.

Entre as atribuições do profissional dessa área estão identificar novas tendências de mercado pela observação e análise das mídias sociais, monitorar o mercado e o público, analisar produtos e estratégias de comunicação.

Iniciado em 2013 com uma turma-piloto, o curso – resultado da parceria entre o Centro Paula Souza e o portal Catraca Livre – tem apoio da Associação Paulista de Agências Digitais (Abradi-SP), desde o ano passado.

Agentes do Brincar

O curso de Qualificação Profissional para o Trabalho em Agentes do Brincar tem duração de 160 horas, sendo 90 horas de aulas teóricas e oficinas e outras 70 horas reservadas a práticas que incluem atividades complementares, como visitas a parques, museus e rodas de contação de histórias. Ao todo são oferecidas 30 vagas.

Em sua segunda edição, o curso é realizado por meio de uma parceria entre o Centro Paula Souza, a Associação Brasileira pelo Direito de Brincar (IPA) e a Organização Não Governamental (ONG) Terre des Hommes. A formação é voltada a quem já trabalha com atividades socioeducativas para crianças e jovens.
Os profissionais dessa área têm como missão construir, por meio de brincadeiras, histórias e atividades artísticas e culturais, o desenvolvimento e a capacidade de comunicação, liderança e criatividade desse público.

Back To Top