skip to Main Content

Fatec Pompeia utiliza drones no curso de Big Data no Agronegócio

Fatec Pompeia Utiliza Drones  No Curso De Big Data No Agronegócio
Crédito: Divulgação | Drones terão seu potencial explorado pelos alunos da Fatec Pompeia

Cada vez mais presentes no mundo do agronegócio, os veículos aéreos não tripulados (Vants) tornaram-se uma nova ferramenta de ensino da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Pompeia. Parceira do Centro Paula Souza na implantação da unidade, a Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia adquiriu seis aparelhos DJI Phantom 3 Advanced para serem utilizados pelos alunos.

Os drones, como são conhecidos, foram batizados com esse nome devido ao zumbido que produzem, em uma referência à palavra zangão em inglês. Desenvolvidos para atuar inicialmente em ações militares, os Vants aos poucos foram ganhando outros mercados e agora terão seu potencial explorado pelos estudantes do curso superior de Tecnologia em Big Data do Agronegócio.

Para o coordenador do curso, Luis Hilário Tobler Garcia, a agricultura é um dos setores da economia que apresentam as maiores possibilidades de geração de novas tecnologias aliadas à utilização de drones. “Há uma demanda crescente por sistemas informatizados para elaboração de diagnósticos específicos que auxiliem o produtor rural na tomada de decisões”, afirma.

Metodologia inovadora

Os novos drones já começaram a ser operados neste primeiro semestre em que o curso entrou em atividade, na elaboração do projeto integrador dos alunos. Trata-se de uma tarefa multidisciplinar que desafia os estudantes a resolverem problemas em equipe como forma de construir o conhecimento. A proposta está inserida no modelo de ensino e aprendizagem Profound Learning, metodologia pedagógica canadense aplicada no curso.

Com a coleta das imagens geradas pelos Vants, os alunos vão criar um algoritmo para processar informações relacionadas às condições dos locais de plantação, quantidade de mudas e espécies, identificação de doenças, análises de falhas de plantio, entre outras finalidades.

“O trabalho com os drones estimula os estudantes a desenvolver uma série de habilidades em áreas como matemática, lógica de programação, língua estrangeira, gestão e planejamento estratégico. Essa experiência será um grande diferencial para o mercado de trabalho”, ressalta o coordenador do curso.

Back To Top