skip to Main Content

Fatec de Bragança Paulista ganha nova sede. Carreta de Confecção Industrial oferece curso no município

Fatec De Bragança Paulista Ganha Nova Sede. Carreta De Confecção Industrial Oferece Curso No Município
Laura Laganá ao lado de Geraldo Alckmin no momento do descerramento da placa de inauguração da Fatec Bragança Paulista

Na tarde desta quinta-feira, 15 de maio, o governador Geraldo Alckmin inaugurou  a nova sede da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Jornalista Omair Fagundes de Oliveira, de Bragança Paulista, e a unidade móvel (carreta) do Via Rápida Emprego de Confecção industrial. A cerimônia contou com as presenças do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação em exercício, Nelson Baeta Neves Filho, e da diretora superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, entre as demais autoridades.

Fatec de Bragança Paulista

Até janeiro, a unidade funcionava em um prédio reformado e adequado pela Prefeitura. O governo estadual investiu mais de R$ 17,1 milhões na construção das novas instalações da Fatec que abrigam 14 salas de aula, 8 laboratórios (2 de informática, 1 de eventos, 1 de física, 1 de química, 1 de redes, 1 de Regime de Jornada Integral para pesquisa de professores e orientação de alunos, e 1 de hardware), biblioteca, salas administrativas e quadra poliesportiva, entre outros ambientes. O valor do investimento do Estado em mobiliário e equipamento entre 2010 e 2014 ultrapassou R$ 900 mil.

Implantada no 2º semestre de 2008, a Fatec – atualmente com 624 alunos matriculados – mantém os cursos de graduação tecnológica de Gestão Financeira e Gestão da Tecnologia de Informação. A novidade no Vestibular para o próximo semestre será a oferta de uma nova turma do curso de Gestão Financeira, com 35 vagas à noite.

Além de Bragança Paulista, a Região de Campinas conta com outras seis Fatecs, distribuídas nas cidades de Americana, Indaiatuba, Jundiaí, Mococa, Mogi Mirim e Piracicaba.  A partir do 2º semestre, os municípios de Campinas e Itapira passam a integrar a relação, oferecendo os cursos de Processos Químicos e Gestão da Tecnologia da Informação, respectivamente.

Unidade móvel de Confecção Industrial

A carreta, que possui área interna de aproximadamente 60 m², é equipada com sala de aula, mesas de corte, cerca de 40 máquinas de costura profissionais e tábuas de passar industriais. Neste espaço o aluno aprende desde a moldagem até o acabamento das peças.
Inicialmente são oferecidas 60 vagas em Bragança Paulista, distribuídas entre os três períodos, para o curso de qualificação profissional de Corte e Costura Industrial, que tem duração de 100 horas.
Em maio, este mesmo curso começou em outras duas unidades móveis de Confecção Industrial, estacionadas nos municípios de Francisco Morato e Tabatinga. O Estado investiu R$ 3,9 milhões nas três carretas.
Durante o período do curso, o desempregado sem seguro desemprego e benefício previdenciário vai receber mensalmente R$ 460, sendo R$ 100 para auxílio alimentação, R$ 150 para subsídio transporte e R$ 210 de bolsa-auxílio.
O Estado implantou em 2011 o Programa Via Rápida Emprego, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, que tem o Centro Paula Souza como um dos parceiros.  A ação visa qualificar o trabalhador paulista desempregado. As
inscrições são feitas pelo site www.viarapida.sp.gov.br.

Back To Top