skip to Main Content

Etec recolhe materiais de construção para reformar instituição beneficente

Etec Recolhe Materiais De Construção  Para Reformar Instituição Beneficente
Crédito: Divulgação | Alunos, pais e professores se engajaram no projeto da Etec de Nova Odessa

Alunos do curso de Logística da Escola Técnica Estadual (Etec) de Nova Odessa colocaram em prática os conhecimentos técnicos aprendidos em aula para recolher e reaproveitar sobras de materiais de construção em prol do meio ambiente e da solidariedade. O projeto 5S Social – Impactando vidas nasceu em março para conscientizar a comunidade sobre a importância de recolher resíduos e reduzir o lixo como forma de eliminar insetos e pragas e ainda aproveitar itens em bom estado em obras e reformas de instituições beneficentes da cidade.

Os jovens usaram como inspiração a filosofia japonesa dos 5S, que faz referência a cinco palavras que em japonês começam com S. Em português, se convencionou colocar a expressão “senso de” à frente, visando manter o mesmo nome e designar a ideia principal de cada etapa: senso de utilização, senso de organização, senso de limpeza, senso de saúde e higiene e senso de disciplina.

Eles foram a campo e arrecadaram 2 mil blocos de cimento, 2 mil telhas de barro, 1,4 mil tijolos, 15 sacos de cimento, 15 metros de piso, 6 metros de areia e 2 metros de pedra, entre outros materiais. Com o apoio de pais, professores, voluntários e representantes da prefeitura, os alunos já estão erguendo cinco ambientes para a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Nova Odessa (Apadano), primeira instituição da cidade a ser beneficiada pelo projeto.

“Como o 5S é uma ferramenta de muita valia para a Logística, decidimos nomear o projeto como 5S Social – Impactando vidas, pois o reflexo da reutilização dos materiais afeta de forma positiva a vida de várias pessoas: desde a instituição que está recebendo a reforma, passando pelas pessoas que estão doando os materiais não utilizados, até a sociedade que se beneficia da eliminação de focos de mosquito, insetos e roedores”, explica o coordenador do projeto e do curso de Logística, Aparecido Cruz.

Fases

O projeto foi dividido em três fases, de março de 2016 a julho de 2017. A primeira inclui a divulgação, a arrecadação de materiais e a construção da recepção e das salas de informática, libras, administração e audiometria para a Apadano. Na segunda etapa, estão previstas as reformas da cozinha e dos banheiros, além da construção de um espaço para carga e descarga. Por último, os estudantes vão cuidar da cobertura da área externa e do paisagismo. Com a ação dos alunos da Etec, a previsão de gastos com as obras que era de R$ 80 mil cairá para quase zero.

“É difícil hoje em dia encontrar pessoas dispostas a se doar. Além dos alunos, temos mães e pais ajudando nas obras. É um trabalho em equipe que ensina sobre partilha e responsabilidade”, afirma Cruz.

O aluno do terceiro módulo de Logística, Rodrigo Aparecido dos Santos, destaca o aprendizado adquirido ao longo do projeto. “É interessante aprender na prática o planejamento do trabalho, a organização do que cada pessoa da equipe precisa fazer e a avaliação do serviço realizado.” Ele ressalta o aspecto gratificante do 5S Social: “A gente sabe que não consegue resolver tudo. Mas o sentimento que tenho é que, quando as pessoas se unem, o resultado é muito positivo”.

Etec recolhe materiais de construção para reformar instituição beneficente

Back To Top