skip to Main Content

Etec de Adamantina conquista segundo lugar no 9º Prêmio Econoteen

Etec De Adamantina Conquista Segundo Lugar No 9º Prêmio Econoteen
Crédito: Divulgação | Ao lado da professora Izabel Gil, aluno Guilherme Augusto Santana (centro) exibe prêmio recebido durante aula magna dos cursos de graduação da FEA-USP

O aluno Guilherme Augusto Santana, de 16 anos, da Escola Técnica Estadual (Etec) Prof. Eudécio Luiz Vicente, de Adamantina, conquistou o segundo lugar na 9ª edição do Prêmio Econoteen de Ensaios, promovido pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP). A cerimônia de premiação ocorreu na noite de segunda-feira, 22, durante a aula magna dos cursos de graduação da FEA-USP.

Estudante do terceiro ano do curso técnico de Administração Integrado ao Ensino Médio, Guilherme foi premiado pelo projeto Escassez de água: riscos e oportunidades para a atividade industrial. O extremo oeste paulista como área de atração de empresas em fase de migração.

O trabalho faz um levantamento das empresas do setor de alimentos que estão com problemas diante da crise hídrica no sudeste do Estado e sugere uma ação articulada entre os municípios do extremo oeste paulista para tentar atrair novos investimentos para a região, mostrando o potencial de sua localização, próxima ao Aquífero Guarani e ao Rio Paraná.

“O estudo revela que existem oportunidades na crise. Para uma região com baixo índice de desenvolvimento social, é uma chance de estimular o crescimento sustentável e a geração de emprego”, explica o aluno da Etec Prof. Eudécio Luiz Vicente.

De acordo com a orientadora do ensaio, Izabel Castanha Gil, trata-se de uma proposta possível de ser aplicada na prática. “A ideia agora é apresentar o projeto para a Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista e tentar criar uma sinergia com o poder público e outras associações interessadas em fazer um trabalho conjunto”, afirma.

Direcionado a alunos dos 2º e 3º anos do Ensino Médio de escolas públicas de São Paulo, o Prêmio Econoteen de Ensaios tem como objetivo estimular adolescentes a pensar soluções diante de problemas de natureza econômica. O tema desta edição foi A crise hídrica, a economia e o meio ambiente: como entender a questão.

‘Etecnagers’ da Economia

Este é o quarto ano consecutivo em que um projeto orientado pela professora Izabel Gil se destaca entre os primeiros colocados do prêmio. Para ela, o importante da conquista é servir de exemplo para outros estudantes. “O desafio incentiva o aluno a entrar em contato com os princípios da iniciação científica e com a realidade de seu tempo”, ressalta.

A metodologia aplicada pela Etec chamou a atenção dos organizadores do evento, que disponibilizaram no site do Econoteen um artigo de Izabel em parceria com o colega Esmeraldo Pereira, com orientações para elaboração de ensaios. Baixar o artigo

No ano passado, a Etec Prof. Eudécio Luiz Vicente conquistou o primeiro lugar no Econoteen com a aluna Maria Natália de Andrade. Ela apresentou o ensaio Educação tecnológica em países emergentes: esforços conjuntos para minimizar a escassez e aumentar as possibilidades de escolha. O tema do concurso era o uso da tecnologia na formação de mão de obra para o desenvolvimento econômico.

Em 2013, os cinco primeiros colocados foram alunos de Etecs (Prof. Basilides de Godoy, na Capital; Prof. Eudécio Luiz Vicente, de Adamantina; Rosa Perrone Scavone, de Itatiba; Juscelino Kubitscheck, de Diadema; e Itanhaém, respectivamente). Em 2012, outro aluno da Etec de Adamantina levou o primeiro lugar, e um da Parque da Juventude, na Capital, ficou em 7º.

Back To Top