skip to Main Content

Estado vai oferecer mil vagas de capacitação na Capital em parceria com a Prefeitura

Estado Vai Oferecer Mil Vagas De Capacitação Na Capital Em Parceria Com A Prefeitura
Crédito: Divulgação | Diretora-superintendente destacou importância da capacitação profissional

O Governo de São Paulo, por meio do Centro Paula Souza (CPS), firmou parceria com a Prefeitura de São Paulo para oferecer em 2017 mil vagas de capacitação profissional gratuita pelo Programa Profissão Cidadão, lançado oficialmente pelo Município nesta terça-feira, 4.

As vagas serão concedidas para moradores da Capital por meio do Via Rápida, programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI) do qual o CPS é parceiro, para cursos de qualificação de 100 horas de duração que facilitem a inserção ou reinserção no mercado de trabalho. Segundo a Pesquisa Emprego e Desemprego (PED) realizada pela Fundação Seade, 18,3% dos residentes no Município estavam desempregados em maio.

“É uma alegria muito grande para o Centro Paula Souza participar de um projeto tão importante por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que realiza um trabalho brilhante há seis anos com o Via Rápida”, afirmou a diretora-superintendente do CPS, Laura Laganá.

“A qualificação profissional sempre foi uma prioridade do governador Geraldo Alckmin. No caso dos cursos rápidos, os alunos resgatam sua coragem, sua autoestima e concorrem a uma vaga no mercado de trabalho muito mais confiantes”, acrescenta. Ela lembrou ainda que o programa inclui aulas do Sebrae, que qualifica os participantes para a gestão de negócios e o empreendedorismo. “Não é pela falta de vagas que um número grande de profissionais não consegue emprego, é pela ausência de qualificação”, disse.

“Não falta demanda mesmo diante de um quadro ainda adverso como está a economia”, concordou o prefeito João Doria. “Para a Prefeitura de São Paulo é uma enorme alegria celebrar esse acordo”. Ele mencionou o “excepcional trabalho” que o CPS desenvolve em todo o Estado de São Paulo. “Hoje o Centro Paula Souza é uma referência nacional”, ressaltou.

“Estamos satisfeitos com o lançamento do programa, focado na qualificação. Qualificação é manutenção de empregos. Também representa ganho de renda e produtividade, do ponto de vista pessoal e das empresas”, comentou o secretário-chefe da Casa Civil, Samuel Moreira.
Unidades móveis

Os cursos serão ministrados em unidades móveis do Via Rápida, carretas convertidas em laboratórios, em um cronograma definido a partir de necessidades apontadas pelos prefeitos regionais. As primeiras turmas começam já na próxima semana.

Para essa parceria, a SDECTI vai disponibilizar as carretas de Hospitalidade (cursos de Bartender, Barman, Camareira e Garçom), Imagem Pessoal (cursos de Assistente de Cabeleireiro, Manicure e Pedicure e Maquiagem), Panificação e Açougue (cursos de Panificação e Confeitaria, Panificação e Pizzaiolo, Panificação e Salgadeiro e Magarefe – manipulação de carnes, cortes nobres e acondicionamento) e Confecção (curso de Corte e Costura). Será oferecido ainda o curso de Jardinagem.

Os interessados devem se inscrever no site do Via Rápida, www.viarapida.sp.gov.br. É necessário ter Ensino Fundamental completo e idade entre 16 e 60 anos. Em seu sexto ano de existência, o Via Rápida já atendeu 250 mil pessoas, mais de 105 mil das quais pela parceria com o CPS.



Estado vai oferecer mil vagas de capacitação na Capital em parceria com a Prefeitura

Back To Top