skip to Main Content

Aprendizado por projetos e teoria aliada à prática explicam sucesso das Etecs no Enem

Aprendizado Por Projetos E Teoria Aliada à Prática Explicam Sucesso Das Etecs No Enem
Crédito: Gastão Guedes | Resultados do Enem mostram a qualidade do ensino do Centro Paula Souza

Professores competentes e atualizados, alunos comprometidos e conexão entre teoria e prática são alguns dos motivos que explicam o ótimo desempenho da Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), administradas pelo Centro Paula Souza (CPS). O Ministério da Educação divulgou ontem, 4, os dados da edição 2015, que confirmam a tradição de bons resultados das Etecs.

Entre as 20 melhores escolas públicas da Capital, 19 integram a rede da instituição. Das 60 melhores públicas do Estado, considerando as redes municipal, estadual e federal, 52 são Etecs. Entre as 60 melhores escolas públicas estaduais no Brasil, 41 são Etecs. Por fim, das 20 melhores públicas estaduais do Brasil, 10 são do CPS.

Melhor pública e 9ª considerando-se também as privadas no ranking da Capital, a Etec São Paulo, conhecida como Etesp, foi a terceira melhor estadual do Brasil no exame. “Nós temos alunos que são envolvidos, engajados e que se interessam pelo estudo. Gostam de estudar e de permanecer na escola. Nossos professores são capacitados, realmente planejam as suas aulas e vêm para a escola com o intuito de passar conteúdo para os seus alunos”, diz o diretor, Negipe Valbão Júnior.

Entre as Etecs, destacaram-se também a Guaracy Silveira, em Pinheiros, na Capital, a Júlio de Mesquita, de Santo André, a Vasco Antônio Venchiarutti, de Jundiaí e a Presidente Vargas, de Mogi das Cruzes, que ocupam respectivamente a 9ª, 11ª, 13ª e 14ª colocações entre as melhores públicas estaduais do Brasil.

“Os alunos organizam debates e aulas aos sábados por iniciativa própria, que nem estão dentro do nosso currículo. Além disso, a escola está sempre envolvida em projetos interdisciplinares”, avalia Maria de Lourdes Silva Serodio, diretora da Etec Guaracy Silveira.

Teoria e prática

“O uso da metodologia de projetos é mais um ponto de encontro com uma geração de raciocínio não linear e que valoriza o trabalho em grupo”, concorda Laura Laganá, diretora-superintendente do CPS. “Ao propiciar autonomia do aprendizado e integrar disciplinas, esse modelo em torno de desafios da vida real atrai o jovem e requer dele criatividade e inovação. Contribui para dar sentido à escola e seus conteúdos.”

Laura acredita que o Ensino Médio vai bem nas Etecs também por conta da conexão entre teoria e prática, característica das escolas mesmo para quem não faz o Ensino Técnico ou Técnico Integrado ao Médio. “A aplicação do conhecimento à vida real ajuda a dar sentido a conteúdos acadêmicos do Ensino Médio.” Esse perfil de ensino das Etecs vai ao encontro das propostas para a reformulação em curso dessa etapa da Educação Básica.

Veja o resultado das Etecs no Enem 2015. A classificação baseia-se na média das notas das quatro provas objetivas e da redação.

Veja o resultado das Etecs no Enem 2015:

20 Melhores Escolas Públicas da Capital
60 Melhores Escolas Públicas do Estado de São Paulo
60 Melhores Escolas Públicas Estaduais do Brasil
20 Melhores Escolas Estaduais do Brasil

Back To Top