skip to Main Content

Aplicativo criado na Etec de Batatais auxilia apreciadores das obras de Cândido Portinari

Aplicativo Criado Na Etec De Batatais Auxilia Apreciadores Das Obras De Cândido Portinari
Projeto foi desenvolvido por nove alunos e dois professores do curso técnico de Informática integrado ao Ensino Médio | Foto: Divulgação

Projeto da Escola Técnica Estadual (Etec) Antônio de Pádua Cardoso, de Batatais, o aplicativo Santuário Digital surgiu de uma parceria entre a escola e a Secretaria Municipal da Estância Turística de Batatais. A intenção é unir tecnologia com a arte do pintor paulista Cândido Portinari (1903-1962), já que a cidade é conhecida por ter o maior acervo sacro de obras do artista.

A organização do Santuário Bom Jesus da Cana Verde planeja disponibilizar nos próximos meses uma opção para o visitante ter acesso a informações complementares via aplicativo. Os detalhes das obras serão acessados por meio de um QR Code. Basta apontar a câmera do celular para a imagem com uma função do aplicativo e as informações aparecem automaticamente na tela.

O projeto foi desenvolvido por nove alunos do curso técnico de Informática integrado ao Médio: Arthur Ferro, Catarina Nascimento, Diego da Silva, Giulia Guedes, Ítalo Nunes, Julia Bressan, Paulo Oliveira, Thiago Vicentini e Thiago Abreu. Dois orientadores acompanharam o trabalho: Valnei dos Reis e Viviana Zanella, ambos professores de planejamento e desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Idiomas

“A partir da escolha do idioma, espanhol, inglês ou português, o usuário poderá navegar remotamente e ter acesso a informações resumidas sobre as obras”, afirma Reis.

Na semana que vem, no dia 22 de novembro, o projeto será apresentado na Câmara Municipal. De acordo com Reis, os QR Codes já foram gerados e devem ser instalados abaixo das obras expostas nos próximos meses.

Em uma outra etapa, a ideia é ampliar as funções do aplicativo para fomentar o turismo local, informando locais para alimentação, lojas, detalhes da praça central e festas que utilizam o entorno do Santuário, como a festa de San Genaro, por exemplo.

Natural de Brodowski, no interior de São Paulo, Portinari é autor de quase cinco mil obras. Entre seus principais trabalhos estão os painéis Guerra e Paz, instalado na sede da ONU em Nova York (EUA); o mural da Biblioteca do Congresso de Washington (EUA) e quadros como Mestiço, Favelas, O Lavrador de Café, Retirantes, A Primeira Missa no Brasil, Tiradentes, Chegada de D. João VI à Bahia, entre outros.

Back To Top