skip to Main Content

Alunos e professores do CPS vão usar novos recursos da Microsoft

Alunos E Professores Do CPS Vão  Usar Novos Recursos Da Microsoft
Crédito: Divulgação | Paula Bellizia e Laura Laganá, durante renovação do acordo na sede da Microsoft, em São Paulo

Estudantes e professores das Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais terão acesso gratuito a ferramentas de inteligência artificial da Microsoft. A novidade foi implementada por meio da renovação do acordo de cooperação entre o Centro Paula Souza e a empresa de tecnologia, com o objetivo de preparar os futuros técnicos e tecnólogos para as demandas do mercado de trabalho no setor de tecnologia, que exigirá cada vez mais conhecimento de desenvolvimento de serviços cognitivos na nuvem. Outro objetivo do acordo é estimular os alunos a se tornarem empreendedores na área de tecnologia.

“Qualificação, inovação e empreendedorismo, alguns dos pilares da educação profissional que oferecemos, estão estreitamente ligados ao domínio de novas tecnologias, o que exige atualização constante por parte de nossos estudantes e professores”, avalia a diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá. “Por isso, julgamos que parcerias como esta são importantíssimas para cumprirmos nossa missão de fomentar o desenvolvimento tecnológico e socioeconômico, além de gerar oportunidades de carreiras sempre conectadas com a realidade do mercado.”

A partir de agora, a multinacional oferece acesso ao programa Microsoft Imagine, que inclui ferramentas para desenvolvimento de projetos com reconhecimento facial, fala e emoção, além de recursos de inteligência artificial para a criação de robôs. Diferentes linguagens de programação também serão disponibilizadas no programa por meio do Azure, a plataforma de nuvem da Microsoft, que permite a criação de aplicativos em minutos, além das soluções de banco de dados SQL e o Visual Studio Team Services, para trabalho em conjunto de estudantes e professores em projetos de software.

“Nossa missão é a de empoderar estudantes e professores a realizar mais e a democratização da inteligência artificial tem um papel fundamental neste objetivo. Além disso, mais uma vez reforçamos nosso compromisso com o Brasil ao disponibilizar o acesso às nossas ferramentas e soluções. O mercado de tecnologia exigirá cada vez mais conhecimento nestas tecnologias e os alunos do Centro Paula Souza têm a oportunidade de sair na frente”, diz o diretor de educação da Microsoft Brasil, Antonio Moraes.

Incentivo às mulheres

O novo acordo também traz um pilar exclusivo para incentivar as mulheres a seguir na carreira de tecnologia. A primeira ação será uma maratona via Skype (Skype-a-thon), que terá, na abertura, a participação da presidente da Microsoft Brasil, Paula Bellizia, que foi aluna da Fatec Baixada Santista, falando de sua trajetória neste mercado.

Haverá também um circuito de apresentações de executivas da Microsoft, buscando promover um bate-papo entre colaboradoras da empresa e alunas do Centro Paula Souza para discutir a carreira tecnológica. Os encontros serão gravados e disponibilizados às alunas, que ainda terão a oportunidade de participar de mesas redondas com outras estudantes que já cursam tecnologia. Também serão apresentados detalhes sobre o programa de estágio na Microsoft.

O acordo entre Microsoft e Centro Paula Souza está em vigor desde 2007. Nos últimos seis anos, produtos da empresa como OneDrive, Office 365 Online e Outlook já beneficiaram mais de 460 mil alunos e professores de Etecs e Fatecs. A renovação foi assinada na sexta-feira, 5 de maio, na sede da Microsoft, na Capital Paulista.

Back To Top