skip to Main Content

Aluno da Etec de Novo Horizonte participa de fórum de ciência em Londres

Aluno Da Etec De Novo Horizonte Participa De Fórum De Ciência Em Londres
Crédito: Divulgação | Lucas apresenta o TreeGo para visitantes e participantes do LIYSF, um dos mais prestigiados eventos de divulgação científica juvenil, na capital inglesa

Lucas Bassan, aluno do curso técnico de Informática integrado ao Ensino Médio, da Escola Técnica Estadual (Etec) Profª Marinês Teodoro de Freitas Almeida, de Novo Horizonte, na região de São José do Rio Preto, está participando do London International Youth Science Forum (LIYSF), em Londres, até o dia 9 de agosto. Realizado desde 1959, o fórum é um dos mais prestigiados eventos de divulgação científica juvenil, que reúne todo ano cerca de 500 estudantes de 70 países.

O jovem do interior paulista representa uma equipe de 14 colegas de curso que desenvolveu o aplicativo TreeGo, para mapeamento e reconhecimento de árvores urbanas e seus dados técnicos, tais como características físicas, localização espacial, condições ambientais do local e qualidade da árvore.

Durante 15 dias, além de divulgar o projeto para visitantes e demais participantes do LIYSF, os estudantes têm a oportunidade de assistir a diversas palestras com cientistas e de conhecer indústrias, centros de pesquisa e instituições de ensino renomadas como as universidades de Cambridge e Oxford.

Ação preventiva

Desenvolvido por meio de parceria com a prefeitura, o projeto foi orientado pela professora da Etec Daiani de Brito, na parte de programação, e pelo professor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq-USP) Demóstenes da Silva, nas variáveis e cálculos.

O objetivo do TreeGo é evitar problemas causados pela falta de controle arbóreo, envolvendo a rede elétrica da cidade, as calçadas e, ainda, prevenir riscos de acidentes pessoais por queda de árvores que estejam com sua integridade comprometida.

Coube ao Departamento de Informática do município de Novo Horizonte a migração das informações coletadas para o servidor da prefeitura local, que acompanhará a condição das árvores e otimizará ações preventivas para evitar eventuais danos a esse patrimônio ambiental. Por meio do aplicativo a população poderá informar e solicitar providências como podas ou remoções de árvores, por exemplo.

Back To Top