skip to Main Content

Aluna de Fatec descobre nova espécie vegetal em Capão Bonito

Aluna De Fatec Descobre Nova Espécie Vegetal Em Capão Bonito

Aluna da primeira turma do curso de Silvicultura da Faculdade de Tecnologia (Fatec) Capão Bonito, Tamiris Delgado de Lima, de 24 anos, foi além do esperado em seu trabalho de graduação.

Enquanto pesquisava ervas daninhas em brejos da região, Tamiris descobriu uma nova espécie vegetal. Batizada de Eleocharis pseudobulbosa, a planta foi reconhecida como inédita após publicação na revista científica internacional Phytotaxa, em maio deste ano.

Hoje formada, a tecnóloga conta que percebeu que a planta era diferente de outras espécies da mesma família porque tinha um bulbo na raiz. “Depois de olhar na lupa e pesquisar na literatura, chegamos à conclusão de que poderia ser uma espécie nova”, afirma.

Foram necessários quatro anos de pesquisa para chegar à identificação. A confirmação veio após o trabalho ser analisado por um especialista da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), o botânico Rafael Trevisan. O resultado final é descrito por Tamiris com orgulho: “Descobrir uma espécie onde você mora, estudou e trabalhou para isso é fantástico”.

A Eleocharis pseudobulbosa mede entre 5 e 20 centímetros e pertence à mesma família da priprioca, erva aromática típica da região da Amazônia, conhecida por sua fragrância leve e amadeirada. Sazonal, a planta floresce no período de julho a agosto, e produz frutos muito pequenos, que têm de 1 a 2 milímetros.

O primeiro exemplar encontrado da espécie está depositado no herbário da Fatec Capão Bonito, ao lado de outras 2 mil plantas. A partir dele, cientistas interessados poderão estudar para descobrir possíveis benefícios da espécie e seu papel na ecologia.

Back To Top